O bispo Jim Bolin, pastor fundador da Trinity Chapel Church of God in Powder Springs, Geórgia, foi reinstalado no domingo passado como pastor sênior da congregação.

O pastor foi forçado a renunciar em 2008 depois de confessar que teve “comportamento sexual impróprio” com uma mulher adulta.

De pé em meio a aplausos e vaias e gritos de fiéis, o bispo Bolin e sua esposa e seu colega pastor, Robin Bolin, foram recebidos após o anúncio feito pelo orador convidado Dr. Sam Chand, um consultor de ministério, autor que reuniu em um ponto adoradores para declarar: “Está tudo bem!”

[img align=left width=300]http://images.christianpost.com/portugues/middle/55870/jim-bolin.jpg[/img]”O que está acontecendo na Trinity Chapel, esta manhã pode ser incomum para algumas pessoas, mas o plano de Deus, se eu estou olhando para isso corretamente, é [amar, aceitar e perdoar]”, disse Chand com a ajuda de membros da igreja. “Nós não estamos olhando para o passado, mas estamos nos movendo para [o futuro].”

“Eu quero dar a honra e celebrar o pastor desta casa, o bispo Jim Bolin”, acrescentou Chand, enquanto fiéis davam aplausos.

O ministro cristão continuou: “Você sabia que hoje é o seu aniversário de casamento de 41 anos? Deus tem um plano. Ele faz bem todas as coisas. Você não poderia ter planejado dessa forma, mas aqui está.”

Chand precedeu o anúncio sobre o bispo Bolin agradecendo o pastor sênior anterior da Trinity Chapel, Jason Bolin, que anunciou sua renúncia e afastamento da megaigreja da Geórgia em 26 de maio. Jason Bolin, o filho do ancião Bolin, entregou sua mensagem final para a congregação Trinity Chapel em 2 de junho, e revelou planos de se mudar com sua esposa e seus dois filhos para a Flórida. Ao longo de seus anos no Trinity Chapel, Jason Bolin serviu em vários cargos ministeriais, incluindo o pastor de ensino médio, pastor de missões e pastor executivo. Ele foi escolhido em 2008 para assumir o controle de seu pai como pastor sênior.

O ancião Bolin teria sido sancionado por funcionários da Church of God e forçado a demitir-se das suas posições como pastor e bispo em 2008, depois que ele confessou “a conduta sexual consensual imprópria com uma adulta.” Arrependendo-se de seus atos, Bolin se submeteu à decisão dos oficiais da igreja e tomou um tempo para se curar e curar o seu casamento, de acordo com o Atlanta Journal-Constitution. Ele teria se submetido a um programa de restauração de dois anos da Church of God. A natureza exata do comportamento inapropriado do bispo Bolin nunca teria sido revelada.

Antes de voltar em tempo integral para Trinity Chapel neste fim de semana passado, o bispo Jim e Robin Bolin vem servindo desde fevereiro de 2012, como os pastores líderes da The Landing Church em McDonough, também na Geórgia.

O ex-pastor senior Bolin, que estava servindo como pastor assistente antes de seu pai renunciar, explicou em sua carta de despedida para os fiéis que o conselho da igreja do Trinity Chapel, guiado por seu estatuto social, foi cuidadoso no seu acordo unânime em re-estabelecer o bispo Bolin como pastor sênior.

“O estatuto social levam-me, como o pastor sênior a renunciar em boas condições, a oferecer recomendações ao Conselho da Igreja a respeito de um sucessor e o desdobramento de um plano de transição”, escreveu ele em sua carta de 26 de maio.

“Tenha coragem de saber que o seu Conselho da Igreja seguiu o processo e protocolos com extrema piedade, sabedoria e integridade”, acrescentou Bolin.

Bispo Bolin teria dito a fiéis no domingo: “O que você pensou que estava perdido e que você nunca pensou que iria ser mais uma vez, está voltando.”

Ele acrescentou depois do culto no Facebook: “WOW que dia … Que grande Deus a quem servimos. Da canção e abertura até o último AMEN, a sua presença encheu o lugar. Dr. Sam Chand deixou isso claro – alto e forte … É bem! Então agora é bola para frente”. Ele acrescentou: “… Robin e eu agradecemos do fundo do nosso coração … Vamos … Está tudo bem!”

Um membro da igreja presente para o culto especial disse ao Atlanta Journal-Constitution que encontro de domingo foi “poderoso”.

“É a sua restauração ao trono, em certo sentido,” Conrad Maynard disse à publicação. “Ele foi colocado de volta em seu lugar de direito.”

A Trinity Chapel Church of God, uma congregação multirracial, pentecostal, carismática, foi fundada pelo bispo Bolin e sua esposa há 30 anos. A igreja começou com um punhado de membros em uma loja e eventualmente cresceu para 7.000 fiéis. Um membro Trinity Chapel estima, no entanto, que a associação conta atualmente com cerca de 3.000.

Enquanto os relatórios sobre os pastores que perdem a sua posição devido à infidelidade ou outras imprudências são comuns, é notavelmente menos comum ouvir relatos de pastores sendo restaurados às funções da igreja depois de um período de tempo.

Segundo uma pesquisa de 2012 da Associação Nacional de Evangélicos (NAE), “Quase todos os líderes cristãos evangélicos, incluindo cabeças denominacionais, concordam que um pastor culpado de adultério possa ser restaurado a uma posição pastoral.” Cinco por cento dos líderes cristãos evangélicos que responderam à pesquisa discordaram, acreditando que o adultério desqualificaria um ministro para sempre obtendo outra posição pastoral.

“O objetivo do Evangelho é restaurar. Pastores não devem ser isentos dessa mesma graça”, John Jenkins, um pastor da megaigreja, disse ao NAE.

Berten Waggoner, diretor nacional da Vineyard EUA, acrescentou: “Não há pecado que uma pessoa, incluindo pastores, não possa ser perdoada e restaurada em todos os sentidos. Esta é a mensagem da graça e a esperança de vida de ressurreição.”

[b]Fonte: The Christian Post[/b]