Em 2015, o pastor americano Tony Perkins declarou que desastres naturais são sinais da ira divina contra gays. Agora, por ironia do destino, o próprio religioso é vítima de um desastre natural. A casa dele foi destruída por uma inundação em Baton Rouge, na Louisiana.
[img align=left width=300]http://extra.globo.com/incoming/19958542-aad-855/w640h360-PROP/perkins.jpg[/img]
Perkins anunciou em sua página no Facebook que sua casa havia sido afetada pela inundação em Baton Rouge. Ele e a família tiveram que deixar o imóvel. A uma rádio local, ele afirmou que os alagamentos têm “proporções quase búblicas”.

“Isso é diferente de tudo que já vimos”, disse Perkins. “Na verdade, nós tivemos que sair de nossa casa no sábado em uma canoa”.

Internautas, é claro, aproveitaram a situação para mandar uma mensagem para o pastor, que disse no ano passado que um furacão nas Bahamas enviado por Deus em resposta ao aborto e ao casamento entre pessoas do mesmo sexo aprovados no país.

“Que coisa ‘gay’ horrível você fez para Deus ficar tão bravo com você?”, questionou um internauta. “‘Você não fala em meu nome!’ – Deus”, brincou outro.

Tony Perkins, líder da Family Research Council, é conhecido nos Estados Unidos por suas declarações polêmicas. O religioso já afirmou que a comunidade LGBT pode trazer a extinção humana. A igreja dele tem sido rotulada como um grupo de ódio.

[b]Fonte: Extra[/b]