Diante do aumento do radicalismo islâmico, a polícia indonésia declarou que irá reforçar a segurança durante o Natal, em razão das terríveis ações de grupos extremistas com o EI.

A polícia indonésia diz que é necessário intensificar a segurança antes das celebrações de Natal, depois que 12 indonésios disfarçados de militantes islâmicos foram presos pelos agentes malaios da alfândega. O grupo tinha planos de entrar para o grupo radical Estado Islâmico.

Este ano, relatórios de bombardeios de igrejas e diversos ataques terroristas tiveram grande crescimento assim como a simpatia pela causa religiosa defendida por grupos terroristas locais. A polícia local diz que a precaução quanto à segurança também é maior do que o habitual.

“Nós estamos tomando todas as precauções necessárias para salvaguardar as celebrações de Natal e Ano Novo deste ano”, disse o vice-chefe de polícia Gal. Badrodin Haiti a jornalistas em Jacarta, referindo-se à operação de segurança realizada regularmente durante as festas de dezembro.

Ore pela Indonésia!

[b]Fonte: Jakarta Globe
[/b]