Representantes do grupo foram chamados para uma conversa sobre as reivindicações levadas às ruas por lideranças juvenis.

A Rede Fale, movimento político cristão, foi chamada para participar de um encontro com a presidente Dilma Rousseff no último dia 28, no palácio no Planalto. A presidente atendeu 25 lideranças juvenis para entender os protestos ocorridos nas últimas semanas.

De acordo com o texto publicado no blog da Rede, a presidente estava aberta para dialogar com os movimentos e assim defender os posicionamentos do governo em relação às reivindicações.

Em sua fala, Dilma defendeu a criação do plebiscito para a reforma política, o transporte público de qualidade, investimentos na área da educação, saúde, trabalho, falou sobre reforma agrária, direitos humanos e outras pautas que foram levadas às ruas pelos movimentos que estavam presentes.

A secretária executiva do Fale, Morgana Boostel, comentou o convite do governo dizendo que mesmo com este diálogo, as pessoas precisam continuar se manifestando nas ruas. “Precisamos continuar exercendo nossa voz profética diante das autoridades, para que alcancemos avanços na garantia e implementação de direitos, em especial pelos que mais sofrem”.

Boostel ainda teve a oportunidade de entregar para Dilma uma carta subscrita por mais de 100 lideranças religiosas que são contrárias a aprovação da PL 7663/2010. O projeto em questão trata sobre a política de drogas e os pastores que assinaram são contra a criminalização do usuário.

Outro documento entregue à presidente do país foi uma carta pastoral sobre a ocupação do complexo de favelas da Maré, no Rio de Janeiro, a força policial usada de forma truculenta resultou na morte de 13 pessoas.

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]