[img align=left width=300]https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840×500/smart/media.guiame.com.br/archives/2016/02/17/1481309299-tobymac-grammy-2016.jpg[/img]

O ex componente do DC Talk, TobyMac foi para casa com o seu sétimo Grammy na noite da premiação anual. Vista como “a maior noite da música”, o “58th Annual Grammy Awards” arejou oito dos 83 prémios atribuídos este ano.

A vitória deste ano para TobyMac foi de “Melhor Álbum de Música Cristã Contemporânea”. Este é o sétimo Grammy da carreira do artista. Seus outros prêmios foram em 2013 com o disco “Eye on It”, 2009 com “Alive and Transported” e mais outros quatro pelo DC Talk.

Além disso, “This is Not a Test” teve um monte de amor no ano passado por causa da ESPN Music, FOX & Friends, da HLN “Weekend Express,” Radio ABC, Billboard, FOX News, Patheos e outros, de modo que este prêmio é uma grande coisa, ou pelo menos deveria ser.

Enquanto no ano passado os Grammys tinham sido taxados de ser um prêmio pesado, agora o especial é justamente o oposto. Pelo menos nos últimos anos, todos os gêneros da música foram representados com pelo menos um prêmio dado a cada um. Se você tem idade suficiente, você se lembra de ver performances de Amy Grant e Michael W. Smith.

[b]Onde está a visibilidade para outros artistas?
[/b]
Mas este não é um discurso que o Grammy deve ser mais “cristão”. É um discurso que a premiação deve comemorar todos os gêneros de música que a organização realmente dá prêmios. A premiação mostra que se concentra principalmente sobre os artistas bem conhecidos em vez de compartilhar os novos talentos que tenham acabado de chegar ou artistas talentosos, mas ninguém sabe quem eles são.

Marc Snetiker da “Entertainment Weekly” disse em sua resenha do especial de TV, “como uma premiação coesa, o Grammy poderia fluir melhor. A transmissão optou por mostrar apenas um dos oito prêmios no tempo de execução de três horas e meia. Assim, essencialmente declarando que as próprias honras são meras performances. Nessa frente, o fluxo nunca foi viável, dado que os produtores fazem o possível para verificar o pulso de gêneros em vez de dissecá-los”, afirmou.

Outros artistas cristãos vale a pena comemorar seus prêmios incluem Kirk Franklin, que ganhou “Melhor Performance Gospel / música “Wanna Be Happy?”. Francesca Battistelli que ganhou por “Melhor Música Cristã Contemporânea” / música “Holy Spirit”. Israel & NewBreed que ganhou “Melhor Álbum Gospel” por Alive in Asia” e Fairfield For que ganhou “Melhores Raízes Gospel” por “Still Rockin’ My Soul”.

[b]Fonte: Guia-me[/b]