A reunião internacional de Anápolis (Estados Unidos) para relançar as negociações de paz entre israelenses e palestinos deverá ocorrer no dia 27 de novembro e pode durar apenas um dia, anunciou a Rádio Militar Israelense nesta segunda-feira.

De acordo com a emissora, que cita um alto funcionário que pediu para não ser identificado, a reunião deve acontecer no próximo dia 27 e ter apenas um dia de debates, adotando, assim, um caráter simbólico.

Israelenses e palestinos não chegaram até agora a um documento comum para ser apresentado na reunião com as linhas gerais de um acordo para a criação de um Estado palestino independente.

Os negociadores israelenses e palestinos que tentam formular o documento se reuniram nesta segunda-feira em Jerusalém.

“As negociações passam por sérias dificuldades”, declarou à agência de notícias France Presse o negociador palestino Saeb Erekat. “Ainda não começamos a redigir” o documento.

A reunião desta segunda estava prevista para domingo (11), mas foi adiada após o chefe da equipe palestina, Ahmed Qorei, ficar retido em um controle israelense.

Em declarações ao jornal israelense “Haaretz”, Qorei falou nesta segunda em “crise real” nas negociações.

O documento deverá tratar de temas fundamentais no conflito palestino-israelense –as fronteiras do futuro Estado palestino, o destino dos refugiados palestinos de 1948, as colônias israelenses e o status de Jerusalém.

Fonte: Folha Online