O conflito que ameaçava a dissolução do mais antigo e prestigiado centro de educação teológico em Cuba, o Seminário Evangélico de Teologia (SET), de Matanzas, foi resolvido com a intervenção de instâncias judiciais, informou, ontem, o reitor da instituição, Dr. Reinerio Arce Valentin.

“Apesar dos inconvenientes e problemas que temos tido que enfrentar durante os últimos meses, começamos, com êxito, o ano letivo 2006-2007 no dia 11 de setembro. Ele foi aberto com um retiro espiritual de toda a comunidade”, informou, em carta, o reitor.

O conflito teve início quando, em junho, a Conferência Anual da Igreja Metodista em Cuba, uma das fundadoras do SET junto com as igrejas Episcopal e Presbiteriana, decidiu separar-se do Seminário e continuar a formação de seus pastores de maneira independente.

A Igreja Metodista defendeu, então, a dissolução do SET e a distribuição dos bens, o que foi rejeitado pelas outras duas igrejas fundadoras.

Diante da impossibilidade de chegar a um acordo e do fato de a Igreja Metodista não reconhecer a Junta Diretiva do SET constituída depois de sua retirada, o assunto foi parar no Ministério da Justiça, através do seu Registro Nacional de Associações. O Seminário está inscrito e reconhecido nessas instâncias como uma associação independente, desde 1949.

Segundo a carta de Arce Valentin, esse Registro de Associações “decidiu em favor do Seminário Evangélico de Teologia, reconhecendo a Junta Diretiva e a Direção do Seminário e expondo que, segundo as leis cubanas, não se aplicava a dissolução”.

A carta destaca que a Junta Diretiva e autoridades do Seminário foram fiéis “aos processos de reconciliação, para tentar uma solução da separação metodista”, reconhecendo que esse ideal não foi alcançado e lamentando a retirada dessa igreja.

A Junta Diretiva do SET “está aberta a qualquer reconsideração da Igreja Metodista em Cuba para reintegrar-se ao Seminário”, acrescenta a carta.

No início de um novo semestre letivo, o SET conta com 332 estudantes nos cursos regulares e nos cursos de extensão, procedentes das igrejas Episcopal, Presbiteriana-Reformada, Fraternidade Batista, dos Amigos de Deus, e de outras igrejas que enviam estudantes para freqüentarem seus programas de capacitação e educação cristã.

No próximo domingo, o SET festejará 60 anos de fundação.

Fonte: ALC