Pastores, padres e líderes religiosos ligados a alguma igreja poderão fazer empréstimos para construção ou reforma de templos, além da compra de móveis.

Há pouco mais de um mês, o Conselho Federal dos Teólogos (CFT), entidade que reúne 750 mil associados em todo o país, começou a oferecer uma linha especial de crédito a igrejas.

Os empréstimos variam de R$ 50 mil a R$ 400 mil e podem ser pagos em até 60 meses, com carência inicial de seis meses. A taxa de juros vai de 2% a 4,5% ao mês, conforme o valor financiado. Segundo o pastor Walter da Silva Filho, presidente do CFT, o financiamento é voltado para padres, pastores ou líderes religiosos que sejam filiados ao conselho há, pelo menos, cinco anos e estejam à frente de alguma igreja ou templo.

– O empréstimo não é restrito a evangélicos. Católicos ou qualquer outra denominação religiosa que tenha um teólogo à frente da igreja podem solicitar essa linha de crédito. É um financiamento inédito no mercado – diz.

O CFT fez uma parceria com a consultoria de investimentos Oliveira Telles, que vai intermediar os empréstimos em alguns bancos.

– O líder que não for formado em teologia, mas estiver à frente de um ministério há mais de cinco anos, pode solicitar ao conselho a filiação, desde que consiga provar as informações e tenha autorização dos membros de sua igreja. Depois, é só solicitar o empréstimo – explica Helvio Costa de Oliveira Telles, presidente da empresa.

Telles ressalta que, a cada R$ 20 mil emprestados, o teólogo terá que indicar um membro da igreja como avalista, ou seja, se o financiamento for de R$ 60 mil, por exemplo, serão necessários três avalistas da própria entidade. O dinheiro é para melhorias na igreja, e não para pessoas físicas. Depois de solicitar o empréstimo no conselho, o interessado deve encaminhar à Oliveira Telles o número da consulta prévia feita pelo CFT.

– Isso é para garantir quem é o líder do ministério, se ele não tem dívidas, se a igreja aprova o pedido de empréstimo, entre outros fatores – ressalta Telles. As tarifas praticadas são as mesmas do mercado para empréstimos. A empresa e o conselho não divulgaram os bancos envolvidos.

Além do empréstimo para teólogos financiarem a construção ou reforma de igrejas, o Grupo Oliveira Telles anunciou que vai lançar, até dezembro, o cartão Fiel Cred, voltado aos evangélicos.

Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), os evangélicos já somam 43,6 milhões de pessoas e o cartão vai beneficiar várias ações.

– Há missionários que viajam para o exterior e precisam de um cartão. A igreja que ele congrega pode fazer depósitos para manter sua permanência – diz Helvio Oliveira Telles, presidente do grupo. A rentabilidade do cartão irá para creches e hospitais, além de empréstimos para quem quiser montar um negócio.

Fonte: Globo Online