Identificação ocorreu pelos 3.261 álbuns privados do Orkut abertos para investigação. Nem todos os pedófilos são brasileiros.

Mais de 500 pedófilos foram identificados entre os 3.261 álbuns privados do Orkut, encaminhados à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, revelou o senador Magno Malta na terça-feira (06/05).

Os pedófilos localizados, embora atuem no Brasil, não são necessariamente brasileiros, afirma a comissão. O presidente do Google, Alexandre Hohagen, buscará alternativas para garantir um ambiente saudável no Orkut.

Malta revelou também que os integrantes da comissão irão ao Palácio do Planalto para informar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre os “alvos abertos” pelas investigações, pois precisa de seu apoio para aprovar as mudanças na legislação que irá sugerir.

Além disso, foi aprovada a tomada do depoimento das duas vítimas de um caso de pedofilia em Niquelândia, em Goiás.

Já em sessão secreta foi aprovado o requerimento de uma investigação sob sigilo, que pode resultar na prisão de um pedófilo.

Fonte: IDG Now