O Real Madrid publicou um vídeo em seu site oficial em que o meia-atacante brasileiro Kaká, que é evangélico da Igreja Renascer em Cristo, pede solidariedade ao Haiti e às vítimas do terremoto que devastou a capital do país, Porto Príncipe, na última terça-feira.

As estimativas mais recentes da Organização Pan-americana de Saúde, ligada à ONU (Organização das Nações Unidas), contabilizam até 100 mil mortes.

“Daqui do Real Madrid, enviamos nossos melhores sentimentos de solidariedade e afeto a todas as pessoas que estão no Haiti. É uma situação muito difícil. Também há muitos brasileiros que são vítimas deste problema, então creio que cada um de nós pode fazer um pouco, e juntos fazermos coisas grandes. Neste momento, creio que o mundo necessita de solidariedade”, falou o brasileiro ao site oficial do clube.

Além de Kaká, os jogadores espanhóis Iker Casillas e Sergio Ramos também participam do vídeo, que pode ser visto na página oficial do clube (http://www.realmadrid.com).

O terremoto, de 7 graus de magnitude, deixou, além do grande número de mortos e feridos, o país em estado caótico. Com o sistema de saúde local abalado, corpos foram acumulados nos arredores do hospital central de Porto Príncipe, capital haitiana. Muitos prédios foram devastados, incluindo o Palácio Presidencial e a casa do presidente.

Pelo menos 17 brasileiros morreram no terremoto, segundo o ministro da Defesa do Brasil, Nelson Jobim –14 militares e três civis, entre eles a a médica fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns.

Diversos países e organizações estão enviando dinheiro, materiais de primeira necessidade –como água potável– e tropas para o Haiti. O Brasil envia ainda hoje um avião com água e alimentos, além de 50 bombeiros do Rio e do Distrito Federal e cães farejadores que irão auxiliar na busca por sobreviventes e corpos.

Fonte: Folha Online