Com apenas 11 anos de idade foi ordenado como ministro em Washington, nos Estados Unidos. O menino agora é pastor na igreja de sua família se tornando um dos mais jovens pastores americanos.

Em entrevista o garoto conta que prefere aprender sobre as coisas de Deus do que jogar vídeo game ou ficar trocando mensagens no celular, atitudes comuns dos meninos da sua idade.

[img align=left width=300]http://noticias.gospelprime.com.br/files/2012/08/Izekiel-Stoddard-ungindo.jpg[/img]De acordo com a BBC Brasil, Izekiel não é um jovem muito popular, ele relata que seus amigos não o procuram mais porque o acham “estranho”.

Mesmo gerando tanta surpresa, a unção de crianças não é novidade nos Estados Unidos, um ex-pastor tem estudado o fenômeno e garante que desde o século 18 houve pelo menos 500 casos de crianças pregadoras.

O menino afirma que recebeu o chamado do próprio Deus para pregar quando tinha sete anos e seu objetivo é seguir atuando como pastor ao longo de sua vida, imitando o exemplo de seus pais que são líderes da Igreja Pentecostal do Tempo.

É com eles que ele aprende tudo o que sabe, passando por um aprendizado religioso intenso o que faz com que muitas pessoas digam que o garoto, quando prega, está apenas imitando seus pais. Os defensores do pastor mirim garante que não há imitações e que é possível sentir a ação divina na atuação de Izekiel.

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]