A Polícia do estado de Guerrero, no sul do México, deteve um sacerdote acusado de violentar uma menina de 7 anos e suspeito de violência sexual contra outras 10 menores em 2004, informaram nesta quinta-feira as autoridades locais.

Hermilo Gerardo Solís Jaimes foi detido na tarde de quarta-feira, após celebrar uma missa na comunidade de Xochixtlahuaca, em Guerrero, na divisa com o estado de Oaxaca.

O padre, de 51 anos, é acusado pelas autoridades de violentar uma menina de 7 anos. A Procuradoria Geral de Justiça do Estado informou que também investiga sua suposta participação em outros 10 casos de estupros de menores.

Todas as meninas foram supostamente abusadas sexualmente em 2004, num seminário localizado na comunidade de Dos Caminos, no município de Chilpancingo, capital de Guerrero, 580 quilômetros ao sul da Cidade do México.

O sacerdote foi posto à disposição da Promotoria de Delitos Sexuais, que conduzirá as investigações.

Fonte: EFE