O Papa Bento XVI lembrou todos os que sofrem com a “terrível doença” da aids e pediu que se multipliquem os esforços para deter a difusão do vírus HIV, após a audiência geral de hoje, realizada na Sala Paulo XVI diante de 8 mil pessoas.

Bento XVI lembrou que no dia 1º de dezembro se celebra o Dia Mundial contra a AIDS e quis expressar sua proximidade “a todos os que sofrem com a terrível doença, assim como a suas famílias, e em particular aos que perderam um ser querido”.

O Papa pediu que se “multipliquem os esforços para deter a difusão do vírus HIV e para resistir ao desgaste que os soropositivos sofrem freqüentemente”. Ele ainda pediu um maior empenho “no cuidado dos soropositivos, especialmente quando são jovens”.

Fonte: EFE