Cerca de mil de vítimas de abusos sexuais por parte de representantes da Igreja Católica já entraram com um pedido de indenização.

A informação foi feita nesta quarta-feira na Conferência Episcopal Alemã (DBK).

Aproximadamente 930 solicitações já foram analisadas por um escritório da DBK. Em 9O% dos casos, as vítimas conseguiram a aprovação de uma reparação econômica, que deve ser assumida pela diocese ou pela ordem responsável direta de cada caso.

Em março de 2011, a Igreja Católica alemã anunciou que pagaria uma indenização de 5 mil euros para cada uma das vítimas dos abusos sexuais cometidos por parte de seus representantes. Dependo do caso, essa quantia também poderia ser aumentada.

O escândalo sobre abusos sexuais dentro da igreja – a maioria deles ocorridos várias décadas atrás – explodiu em 2010 e gerou uma grave crise de credibilidade para o catolicismo alemão.

[b]Fonte: Veja.com[/b]