Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes (Foto: José Cruz/ABr)
Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes (Foto: José Cruz/ABr)

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, afirmou em entrevista divulgada nesta segunda-feira (4) que a ciência é prioridade e que nem passa pela cabeça dele “a questão ideológica” sobre o assunto.

A fala foi veiculada no podcast ‘Estadão Notícias’. Para Pontes, “a ciência precisa ser tratada como ela é”.

“Nós queremos melhorar a qualidade de vida das pessoas com a tecnologia”, afirmou o ministro.

Questionado sobre o quanto esse discurso ia em contrapartida de outros setores do governo, onde se fala em criacionismo nas escolas e terra plana, o ministro foi enfático.

“A ciência é construída aos poucos, através do trabalho árduo de muitos estudiosos, ao longo de décadas, às vezes de séculos”, complementou.

“A crença das pessoas é outra história. A ciência tá aí para ser ensinada, eu acredito em Deus, mas não misturo isso com ciência”, sentenciou Pontes.

O astronauta falou por telefone de Israel, onde cumpria agenda de pesquisa sobre técnicas de dessalinização da água do mar que pudessem ser usadas no Brasil.

Fonte: NE10