"A Voz", novo clipe de Cassiane foi alterado após rejeição do público que o acusou de romantizar a violência doméstica

Após ser acusado de romantizar a violência doméstica e receber mais de 90 mil deslikes no Youtube, o novo videoclipe da cantora Cassiane, “A Voz”, foi reformulado incluindo cenas onde a mulher denuncia o marido e a prisão dele.

Diante da repercussão negativa do público, a gravadora MK Music chegou a anunciar nas redes sociais, no domingo (19), que reformularia o videoclipe e lançou uma nova versão em seu canal no YouTube.

Roteirizado pela diretora artística da gravadora, Marina de Oliveira, o videoclipe aborda a violência doméstica, algo presente em grande parte dos lares do Brasil. Nas cenas, uma mulher apanha e tem o dinheiro roubado pelo marido, que sofre de alcoolismo.

Em resposta a uma seguidora, Marina explicou que acrescentou cenas explícitas de denúncia da mulher e prisão do homem. Ela disse que acredita na transformação de vidas.

Aliado a isso, a MK Music convocou seus seguidores a entrarem em uma campanha contra esse tipo de violência. A gravadora divulgou o telefone 180, que pode ser usado para denunciar esse crime. O serviço é grátis e o denunciante tem sua identidade preservada.

Ataques na internet

A cantora Cassiane resolveu se pronunciar nas redes sociais após a forte repercussão do clipe de “A Voz”.

“Se me conhecessem ou pelo menos respeitassem minha história de 39 anos dando frutos, com amor falariam: “Cassiane, seria bom colocar a informação da denúncia no clipe…”. É um assunto extremamente real, mas não é isso que está acontecendo!”

Cassiane disse que recebeu “vários ataques e julgamentos terríveis”.

“Recebi vários ataques e julgamentos terríveis de pessoas que dizem “pregar o amor” mas são tão insensíveis que não pararam um instante se quer p/ ver o histórico, p/saber se foi proposital ou um erro, uma falha!
Atacam como se “jogassem no lixo” toda uma história!”

A cantora ainda disse ser a favor da denúncia e que o clipe incentiva a vítima a romper sua história e mudar de postura.

Apesar das alterações, o novo clipe que, até o momento já teve mais de 466 mil visualizações e 22 mil likes, ainda tem uma grande rejeição do público com 29 mil deslikes.

O clipe original foi deletado do canal da MK Music no Youtube.

Assista a nova versão do clipe “A Voz”:

Fonte: Pleno News com adaptações de Folha Gospel