Cantora evangélica Cassiane
Cantora evangélica Cassiane

Lançado na última sexta-feira, dia 17 de julho, o clipe da canção ‘A Voz’, da cantora gospel Cassiane, mostra uma mulher que sofre violência doméstica de seu companheiro.

No clipe, a vítima sai de casa, deixando um bilhete para o seu agressor dentro de uma Bíblia com os dizeres: “Reconhece a voz de Deus. Deixa ela estremecer o seu coração. O timbre Santo do Senhor há de te curar, pois Ele é a voz que restaura a vida. Oro por você. Perdoo você”. 

A produção da gravadora MK Music recebeu diversas críticas de internautas que questionaram o fato da mulher agredida não ter denunciado o seu agressor e ainda perdoá-lo.

Após a repercussão, Marina de Oliveira, diretora artística da gravadora MK Music se pronunciou sobre a produção. Ela afirma que as pessoas não entenderam a profundidade da história. Segundo ela, para isso, seria necessário se converter.

“Não podemos esperar que pessoas que ainda não foram alcançadas pela graça de Deus compreendam a profundidade da história. Essas pessoas não acreditam que Deus em sua misericórdia tem poder para mudar a vida e o comportamento de uma pessoa. Para enxergar e compreender isso é preciso se converter”.  As informações foram divulgadas na coluna da Fábia Oliveira, d’O Dia.

Marina também explicou que o clipe não deixa claro se a vítima denunciou ou não seu agressor, mas admite que o desfecho da história não é revelado.

“Como esta mulher do clipe, existem milhares de outras que sofrem agressão e a decisão da denúncia é de cada uma delas. Notem que não fica claro no clipe se a mulher denunciou o marido. Quem sabe, quando ela foi embora também não ligou para denunciar? Assim como não aparece a mulher denunciando, também não aparece ela voltando para casa. O clipe termina em aberto justamente por ser um assunto tão íntimo, delicado e polêmico”.

Apesar de a MK Music ter editado a descrição do vídeo em seu canal do Youtube, acrescentando agora o telefone 180 do disque-denúncia, a diretora afirma que o clipe se limita a uma abordagem espiritual do assunto.

“Nossa abordagem no clipe é espiritual e não jurídica. O foco do clipe é que a voz de Deus faz demônios saírem e tem poder para transformar vidas e conceder uma segunda chance até para o mais vil pecador, ou criminoso.”, explicou.

Até o momento, o clipe no Youtube já havia recebido 15 mil likes e 89 mil ‘deslikes’ e diversos comentários que reprovam uma possível romantização da agressão contra a mulher.

Reedição do clipe

Diante da repercussão do clipe “A Voz” de Cassiane, a MK Music optou por reeditar o projeto. A informação foi compartilhada, neste domingo (19), nas redes sociais da gravadora.

“Acreditamos totalmente no poder transformador de Cristo e nos colocamos à Sua disposição para que nos use como amplificadores da mensagem de salvação, amor e paz. Com Ele também aprendemos a ouvir, refletir, sermos sensíveis e corajosos para mudanças. E jamais abrirmos mão do nosso papel na sociedade. Pedimos desculpas a quem eventualmente se sentiu ofendido ou magoado.”

Aliado a isso, a MK Music convocou seus seguidores a entrarem em uma campanha contra esse tipo de violência. A gravadora divulgou o telefone 180, que pode ser usado para denunciar esse crime. O número já havia sido divulgado com a primeira versão do clipe. O serviço é grátis e o denunciante tem sua identidade preservada.

Ver essa foto no Instagram

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER É CRIME! DENUNCIE: DISQUE 180 “Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como com as minhas ações. E o Deus que nos dá a paz estará com vocês.“ Filipenses 4:9 (NTLH Linguagem de Hoje) Estamos gravando e editando neste domingo (19) outra versão do clipe A VOZ, por amor e consideração à querida CASSIANE e seu ministério que há 39 anos é relevante; por todos que nos acompanham e confiam em nosso trabalho e estão prontos a nos darem sua opinião com carinho e preocupação; em respeito às dores de muitas vítimas e também àquelas que, infelizmente, não conseguiram romper; para que não haja dúvidas da nossa intenção e para que isso não enfraqueça a mensagem principal! Acreditamos totalmente no poder transformador de Cristo, e nos colocamos à Sua disposição para que nos use como amplificadores da mensagem de salvação, amor e paz. Com ELE, também aprendemos a ouvir, refletir, sermos sensíveis e corajosos para mudanças. E jamais abrirmos mão do nosso papel na sociedade. O roteiro original do clipe foi todo desenvolvido por nossa diretora artística MARINA DE OLIVEIRA, focando na FÉ e AÇÃO, sem nenhuma interferência da nossa amada CASSIANE, que também nos conhece e confia. Mas, se não foi compreendido por alguns… Com muito amor, responsabilidade, humildade, e para que esta mensagem poderosa alcance e inspire muitas vidas, sem nenhum ruído, muito em breve vocês poderão assistir à nova versão do clipe A VOZ. Agradecemos a todos que sabem quem somos e nunca duvidaram de nosso objetivo. Caminham conosco há mais de 30 anos, conhecem nossas lutas, campanhas e convicções. Pedimos desculpas a quem eventualmente se sentiu ofendido ou magoado. E convocamos todos a entrarem nesta campanha nas redes sociais, sim, mas efetivamente na prática! FÉ e ACÃO. #Disque180 “Voz que acalma o mar Faz demônios saírem Pode curar e restaurar a vida É a mesma voz que chama para sentar a mesa…” Com amor, MK MUSIC. @marinamkmusic @cassianecantora #AVoz #Cassiane #FamíliaMK

Uma publicação compartilhada por MK Music (@mkmusicbrasil) em

O clipe original foi deletado. Veja o clipe novo:

Fonte: Pleno News e O São Gonçalo