Empresa de fast-food Burger King
Empresa de fast-food Burger King

O Burger King publicou, na tarde desta sexta (3), um vídeo convocando o público para estrelar seu novo comercial.

Um dos pré-requisitos é “ter participado de um comercial de banco que tenha sido vetado e censurado nas últimas semanas”.

– Pode ser homem, mulher, negro, branco, gay, hétero, trans, jovem, idoso. Curtir fazer selfie é opcional. No Burger King, todo mundo é bem-vindo sempre – diz a chamada de vídeo.

A postura da lanchonete reacende a polêmica vista no final de abril quando Bolsonaro vetou a propaganda do Banco do Brasil destinada ao público jovem.

A proibição resultou na demissão do diretor de Comunicação e Marketing da instituição, Delano Valentim.

Para os opositores do presidente, a diversidade presente na propaganda do Banco do Brasil motivou a suspensão.

Outros apoiaram a postura de Bolsonaro e criticaram a tentativa de lacração da peça publicitária.

Em resposta ao vídeo do Burger King, vários internautas subiram a tag #BoicoteBurgerKing, que ficou entre os assuntos mais comentados na internet.

Fonte: Pleno News