Mais um episódio de violência anticristã no Estado indiano de Orissa. Na última terça-feira (8), a residência, a igreja dos jesuítas e um orfanato protestante foram atacados e destruídos por um grupo de extremistas hindus pertencente à organização Vishwa Hindu Parishad.

O ataque ocorreu no distrito de Kandhamal, mesmo local onde sete meses atrás outro episódio de violência causou a morte de seis pessoas e a destruição de 95 igrejas. Desta vez, o motivo do ataque seria o abatimento de uma vaca, animal sagrado para os hinduístas.

O arcebispo de Cuttack-Bhubaneswar, dom Raphael Cheenath, condenou o atentado e se reuniu com as autoridades locais para pedir o restabelecimento da legalidade e da segurança para todos.

Esse ataque confirma o clima de intimidação e medo no qual a comunidade cristã continua vivendo no Estado de Orissa.

Em junho, os bispos indianos abordaram novamente a questão, recordando que os cristãos do Estado preferem permanecer em campos de deslocados montados pelas autoridades a voltar para suas casas. Uma comissão foi instituída para investigar os últimos casos de violência, mas, até o momento, nada foi divulgado.

Fonte: Portas Abertas