Cristãos reunidos no Laos
Cristãos reunidos no Laos

O casal Bongyang* e Faxai* foi preso pelas autoridades locais no Norte do Laos por “desobedecer” às medidas para conter a COVID-19 em maio de 2021. O Laos estava em um bloqueio nacional a partir de abril depois que a variante Delta da COVID-19 foi detectada no país. Viajar entre os distritos era proibido e as reuniões sociais eram limitadas apenas a dez pessoas.

Ansioso para realizar um culto em sua casa, Bongyang pediu permissão a um líder da igreja do distrito, e o líder concordou. O cristão seguiu todos os protocolos de segurança estabelecidos pelo governo, mas alguns dias depois, as autoridades locais prenderam Bongyang e a esposa Faxai por desobedecer às regras de distanciamento da pandemia.

Moradores que testemunharam o incidente compartilharam que o cristão foi agredido pelas autoridades antes de ser levado. Na prisão, ninguém podia visitar o casal, exceto a mãe de Bongyang que levava comida e bebidas. Em julho, Bongyang foi transferido para a prisão provincial, distante da mãe dele. Alguns cristãos na área se voluntariaram para visitar e levar comida regularmente. Há alguns dias, um parceiro local da Portas Abertas compartilhou que o seguidor de Jesus ainda está na prisão e não houve desenvolvimentos no caso.

O parceiro local tem prestado ajuda à família cristã desde que Bongyang foi preso. “O filho do casal está agora com a avó. Estamos ajudando Bongyang discretamente da maneira que podemos. No entanto, devido ao recente bloqueio por conta da pandemia na província, ninguém pode visitá-lo. Também fomos informados de que o cristão é alimentado apenas com arroz e água, sem carne nem vegetais”, compartilhou o parceiro.

*Nomes alterados por segurança.

Fonte: Portas Abertas