Quem imaginaria que no final de sua longa e próspera carreira, o apresentador/locutor/empresario/cantor Silvio Santos estaria enfrentando problemas financeiros tão graves.

Silvio é considerado um dos homens mais ricos do Brasil, e dono de um conglomerado que envolve uma rede de televisão, o “Baú da Felicidade”, e até mesmo um banco, o Panamericano.

E justamente este último é que está gerando graves problemas financeiros para Silvio Santos. Parece que o rombo do Banco Panamericano chega na casa dos 2 bilhões e meio de reais, uma quantia considerável mesmo para o muti-milionário Silvio Santos. O banco está sob investigação do Banco Central e ninguém sabe direito qual será o seu destino, mas há os que afirmam que o futuro de todo o grupo Silvio Santos está correndo sérios riscos. Silvio Santos chegou mesmo à dizer em publico que daria o SBT, a “menina de seus olhos”, como garantia para um suposto empréstimo que teoricamente ajudaria a salvar o Panamericano.

Ver Silvio Santos do alto de seus 80 anos de idade enfrentando uma crise tão grave como esta, e justamente em um momento de exuberância econômica no Brasil é algo que poucos esperariam de uma figura popular tão carismática e bem sucedida. Silvio que até pre-cadidato à presidente da republica já foi, está na televisão brasileira desde 1962 e poucos rostos são mais populares do que o seu. Quem não se lembra do “Domingo no Parque’, ou do “Boa Noite Cinderela”, do “Programa de Calouros”ou do “Qual é a música “? Em uma época pre-TV por assinatura, Silvio Santos era uma das poucas diversões na televisão dos anos 70 e 80, que conseguiam atingir a todas as camadas da população.

Por conta de sua recente crise financeira, Silvio está considerando a possibilidade de vender horários de sua grade de programação para programas evangélicos. Existem rumores de que ele já estaria em negociações com Silas Malafaia, R. R. Soares e até mesmo Edir Macedo. Esse é um fato notório, já que o SBT é o único canal de TV aberta que ainda não vendeu horários para programas de cunho religioso. Silvio Santos sempre manteve suas convicções religiosas e sua vida pessoal de forma geral, longe dos holofotes e das revistas de fofoca. Mesmo no sequestro de sua filha Patricia em 2001, Silvio foi sempre discreto e procurou expor sua família o mínimo possível. Porém, é de conhecimento publico que sua esposa, Íris Abravanel e pelo menos duas de suas filhas são evangélicas e bastante ativas em suas igrejas. Mas de fato, não dá pra saber se a fé e o testemunho de sua esposa e filhas de alguma forma ajudaram a influenciar sua decisão ou se ele está sendo motivado apenas pela crise financeira.

Silvio foi um dos primeiros empresários a comprar horários na televisão brasileira. Por vários anos comprava o horário das manhãs dominicais na rede Globo, depois na Tv Tupi até criar seu próprio canal de televisão. E não deixa de ser uma certa ironia do destino o fato de que ele está contando com outros compradores de horário para ajudar a salvar seu império. E serão, caso venham os horários a ser realmente vendidos, milhões e milhões de reais envolvidos, dinheiro que poderia certamente ter destino mais nobre e efetivo no meio Cristão.

Só nos resta torcer para que de alguma forma Silvio Santos consiga vencer mais essa batalha em sua vida e assim encerrar sua carreira de forma mais digna.

Um abraço,

Leon Neto