Igreja Congregacional em Campina Grande, PB
Igreja Congregacional em Campina Grande, PB

No dia 31 de outubro de 1517, o monge Martinho Lutero iniciou o mais importante movimento da história do cristianismo: A Reforma Protestante. Este mês, o maior acontecimento do século XVI está completando 500 anos.

Para a festejar a data, a Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil e do Exterior(OMEBE), conselho estadual da Paraíba, e a Visão Nacional Para a Consciência Cristã (VINACC) estão preparando o “Culto de Celebração pelo Aniversário dos 500 Anos da Reforma Protestante”, que será realizado hoje, dia 28, às 19h30min, na Igreja Congregacional 13 de Maio (foto), centro de Campina Grande, na Paraíba.

Pela programação elaborada pelas direções da VINACC e OMEBE, o preletor será o pastor Jámerson Lopes, da Igreja Evangélica O Brasil Para Cristo (CG). Na ocasião, haverá a apresentação do Grande Coral dos 500 Anos da Reforma. Esse grupo foi formado especialmente para essas comemorações em foco.

De acordo com o pastor Francisco Erivan Gomes, de a Igreja Presbiteriana Renascer da cidade de Queimadas e responsável pelo coral, o grupo é formado por 80 vozes.

“Vamos participar do Culto da Reforma Protestante com 80 integrantes. São membros das igrejas presbiterianas Renascer de Queimadas e Campina Grande, que se juntarão pela primeira vez com esse objetivo: Louvar a Deus pelos 500 anos da Reforma Protestante”, destacou o pastor Erivan Gomes.

As duas entidades enviaram convites para pastores e igrejas de diversas denominações evangélicas com atuação ministerial em Campina Grande. E, pela importância do evento, espera-se a participação de um público recorde de representantes no culto.

HISTÓRIA

A Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão que teve início do século XVI, quando, naquele 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero, seu precursor, publicou na porta da Igreja do Castelo da cidade de Wittenberg as suas famosas 95 teses ou 95 proposições para serem debatidas, com o foco principal em debater vários pontos teológicos da doutrina católica romana, sobretudo a questão sobre a salvação pela fé somente, sem a ajuda das obras praticadas pelos cristãos.

Depois de Lutero, surgiram outros grandes reformadores protestantes os quais foram importantes ao movimento de renovação do cristianismo, como João Calvino, Filipe Melanchton, Theodore de Béze, Ulrich Zuínglio, Martim Bucer, Menno Simons e tantos outros.

Mais tarde, foram conhecidos os cinco princípios fundamentais da Reforma Protestante, conhecidos como: Sola fide (somente a fé); Sola scriptura (somente a Escritura); Solus Christus (somente Cristo); Sola gratia (somente a graça) e Soli Deo gloria (glória somente a Deus).

Em síntese, o resultado da Reforma Protestante foi a divisão da chamada Igreja do Ocidente entre os católicos romanos e os reformadores ou protestantes, originando o protestantismo.

Fonte: Visão Nacional Para a Consciência Cristã (VINACC)