Eduardo Benedito Lopes, 49, é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e apresentou programas religiosos na TV. Também dirigiu jornal e gráfica pertencentes à igreja.

Anunciado nesta quinta-feira (13) como novo ministro da Pesca, o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) ocupará o lugar de Marcelo Crivella, que deixa o posto para uma possível candidatura ao governo do Rio de Janeiro. Lopes assumiu o mandato no Senado em 2012, quando Crivella, de quem é suplente, se licenciou para assumir a pasta em meio a outra reforma ministerial.

Na época, a presidente Dilma Rousseff dispensou o então ministro Luiz Sérgio (PT-RJ), para integrar o PRB ao Executivo. O partido do ex-vice-presidente José Alencar, morto em março de 2011, agrega parte da bancada evangélica no Congresso e também apoiou o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Lopes será o quarto ministro da Pesca no governo Dilma. Antes de Crivella e Luiz Sérgio, a pasta foi ocupada por Ideli Salvatti (PT-SC), atualmente nas Relações Institucionais, que cuida da articulação política do governo.

Natural de Santo André (SP), Eduardo Benedito Lopes, 49, é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e apresentou programas religiosos na TV. Também dirigiu jornal e gráfica pertencentes à igreja.

Em 2006 elegeu-se deputado federal e em 2010 juntou-se a Marcelo Crivella como suplente nas eleições para o Senado. Atualmente é o único senador do PRB no Senado. Na Câmara, o partido conta com 10 deputados.

[b]Fonte: CBN Foz[/b]