De acordo com a Polícia Civil de São Paulo, boletins de ocorrência foram registrados em Tupi Paulista, Dracena e Osvaldo Cruz somente nesta quinta-feira (13).

Três idosas foram vítimas de um suposto golpista que se passa por padre para furtar.

O homem, de acordo com as vítimas, chegava até os imóveis, se apresentava como o novo pároco da cidade e pedia para benzer a casa. Já dentro, aproveitando a fé das vítimas, ele pedia joias e dinheiro também para serem abençoados.

Ainda de acordo com a polícia, em seguida ele pedia que as idosas buscassem um copo com água. Aproveitando a distração das vítimas, ele fugia com os bens de valor.

A Polícia Civil acredita que o golpista tenha visitado mais casas na Nova Alta Paulista, mas apenas estes três casos foram comunicados até o momento. A orientação é que alguém que tenha sido vítima do golpe registrem um boletim de ocorrência, pois, só assim, as investigações poderão começar.

O vigário da Igreja Matriz Nossa Senhora, frei Cláudio Moraes Messias, alerta para que os fiéis católicos fiquem atentos, já que os verdadeiros padres só vão às casas com autorização da igreja e quando o fiel solicita.

Além disso, segundo ele, os religiosos oficiais não costumam benzer joias. “Se alguém chegar para abençoar a casa, não deixe entrar”, afirma o frei.

[b]Fonte: G1[/b]