Pastor e evangelista americano Franklin Graham
Pastor e evangelista americano Franklin Graham

O evangelista Franklin Graham incentiva os cristãos a buscarem a intervenção de Deus enquanto o mundo se divide em meio à crise política, econômica e social, em entrevista ao programa de rádio Todd Starnes na última quinta-feira (15).

“O que aconteceu politicamente [nos Estados Unidos] é uma vergonha, o que aconteceu nas últimas eleições. Está errado, mas aconteceu”, opinou Graham. “Mas eu simplesmente acredito que a única esperança para nossa nação é Deus”.

Ele ainda alertou: “Os cristãos precisam se ajoelhar e orar para que Deus intervenha e de alguma forma salve esta nação, ou nos dê mais tempo porque eu acredito que o julgamento de Deus está chegando.”

Graham também chamou a atenção para uma ação de um grupo de legisladores democratas liberais na quinta-feira passada, que propôs expandir a Suprema Corte dos EUA para quatro juízes, com o objetivo de acabar com sua maioria conservadora.

“Precisamos apenas orar para que Deus intervenha e os impeça de fazer isso”, disse ele.

“Parece que o país inteiro está de cabeça para baixo agora”, avaliou Graham. “Precisamos apenas orar para que não apenas Deus traga Sua voz, mas que as pessoas O ouçam, busquem Sua face e O invoquem, porque nosso país está em grandes apuros.”

Graham liderou no ano passado um movimento de oração pelos EUA, chamado “Decision America Tour”, e planeja fazer uma nova turnê ainda este ano.

Ele teme que o mundo deixe de ser como era antes da pandemia do coronavírus, observando o aumento do controle de “burocratas”.

“Nós vemos o mundo inteiro, nação após nação fechando. É assustador quando você vê o que está acontecendo. Mas, ao mesmo tempo, eu li as últimas páginas da história. Eu sei o que Deus vai fazer e Seu Filho está voltando; e Ele vai estabelecer Seu reino aqui nesta terra”, disse o evangelista.

O CEO da organização de ajuda humanitária Bolsa do Samaritano explicou que o trabalho missionário continua, especialmente nestes tempos sombrios. “Estamos ocupados, mas ao mesmo tempo, aconteça o que acontecer, a Bolsa do Samaritano sempre responderá e faremos em nome de Jesus!”

Fonte: Guia-me