A Arábia Saudita anunciou neste sábado que concluiu a construção de um segundo andar de uma ponte usada na peregrinação a Meca para evitar que as confusões protagonizadas pela multidão que se reúne na cidade santa acabem em mortes.

O subsecretário do Ministério de Assuntos Municipais, Zein al-Abedin, afirmou que o custo do segundo andar da ponte de Jamarat foi de US$ 224 milhões.

O custo total do projeto – incluindo o primeiro andar, construído anteriormente, e os dois que serão levantados nos próximos dois anos – é de US$ 1 bilhão.

Abedin afirmou que o projeto tem o objetivo de distribuir os peregrinos nos quatro andares para evitar as aglomerações que ocorrem durante a peregrinação anual a Meca, que começa em 19 de dezembro.

Ele explicou que a ponte possui um sofisticado sistema de alarme para impedir a formação de grandes multidões, além de ter saídas subterrâneas. Haverá ambulâncias de plantão durante a peregrinação.

No início do ano passado 363 peregrinos morreram durante uma confusão na ponte de Jamarat.

Fonte: EFE