Igreja Mundial em Curitiba interditada por realizar culto com mais de 2 mil pessoas
Igreja Mundial em Curitiba interditada por realizar culto com mais de 2 mil pessoas

Agentes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) contra a propagação da Covid-19 interditaram, no fim da noite de quarta-feira (24), um culto religioso com mais de duas mil pessoas em um templo da Igreja Mundial do Poder de Deus, no bairro Batel, em Curitiba.

De acordo com a equipe, os participantes estavam aglomerados e sem manter o distanciamento social, ou seja, contrariando os protocolos sanitários estabelecidos para conter o vírus.

Durante a ação, foram aplicadas três multas, que somaram R$ 150 mil. A fiscalização ocorreu a partir de denúncia da população, segundo os agentes da Aifu.

Na quarta, a Prefeitura de Curitiba determinou o retorno da bandeira laranja – que indica nível de alerta para a pandemia do novo coronavírus. O decreto entra em vigor nesta quinta-feira (25) e vale por 14 dias, podendo ser prorrogado dependendo do comportamento da pandemia na cidade.

Com a medida, estabelecimentos destinados ao entretenimento ou a eventos culturais, como casas de shows, circos, teatros, cinemas e museus, voltam a ficar proibidos.

As práticas esportivas coletivas em praças e demais bens públicos ou privados, incluídos os condomínios e áreas residenciais, também não são mais permitidas.

De acordo com o boletim mais recente da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a capital paranaense tem 84.597 casos confirmados de Covid-19 e 2.487 pessoas morreram pela doença.

Clique no link abaixo:

https://globoplay.globo.com/v/9299265/

Fonte: G1