Flordelis e o pastor Anderson do Carmo
Flordelis e o pastor Anderson do Carmo

A Justiça marcou para o próximo dia 5 de fevereiro o testemunho da deputada federal Flordelis dos Santos, no caso que julga a morte do pastor Anderson do Carmo, marido da parlamentar.

Ela é testemunha de defesa de Flávio Rodrigues, seu filho biológico acusado de ser o autor dos disparos que mataram o líder religioso.

O documento que determina a data e horário é assinado pela juíza Sonia Maria Alves Lima, da Primeira Vara Precatória do Distrito Federal. Anderson do Carmo foi morto na madrugada de 16 de junho do ano passado em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

Dois filhos do casal são acusados do crime e estão presos. Lucas Cézar é filho adotivo e foi o responsável por negociar a compra da arma do crime. Flávio, filho biológico apenas da deputada, confessou ter atirado seis vezes contra o padrasto.

Lucas vai a júri popular, mas ainda sem data definida. A Justiça aguarda pelo testemunho da deputada para decidir sobre o futuro de Flávio.

Em nota, a defesa da deputada apenas confirmou a data e informou que não irá se pronunciar além disso por conta do processo correr em segredo de justiça.

Flordelis desabafa

Nesta quinta-feira (16) se completam sete meses do assassinato do pastor Anderson do Carmo. A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) se manifestou sobre a perda do marido mais uma vez pelas redes sociais.

Dessa vez, ela afirmou que a saudade que sente “é uma dor que não amenizou ao longo desses sete meses”. Ela também afirmou que o dia 16 é o mais triste de cada mês.

Junto com a mensagem saudosa, a parlamentar publicou um vídeo em que o pastor aparece fazendo uma declaração de amor para a esposa. Assista abaixo.

Fonte: Pleno News e O Dia