Marty Sampson, cantor, compositor e líder de adoração da Hillsong
Marty Sampson, cantor, compositor e líder de adoração da Hillsong

Marty Sampson, o compositor de músicas de adoração que revelou que está “genuinamente perdendo” sua fé, esclareceu que, embora ele não tenha “renunciado” ao cristianismo, está, no entanto, “incrivelmente instável”.

Sampson, conhecido por escrever letras para Hillsong Worship, Hillsong United, Delirious e Young & Free, respondeu a um artigo da revista Christian Post intitulado “Alcançando um líder da Hillsong que está renunciando à sua fé”.

Depois de enfatizar que ele realmente quer respostas para suas perguntas, Sampson admitiu que está “lutando com muitas partes do sistema de crenças que parecem tão incoerentes com a moralidade humana comum”.

“Se a maioria da humanidade tivesse uma escolha, não livraríamos o mundo do flagelo do câncer? Por que Deus não faz uma coisa dessas? É claro que existe uma resposta para essa pergunta, mas a maioria da vida de um cristão típico não é gasta considerando essas coisas”, escreveu ele. “Perguntas como estas permanecem muito difíceis.”

O artista, que acompanha a equipe de louvor da Hillsong desde os 16 anos, esclareceu que não diria que “renunciou” à sua fé, mas diria que “está em um terreno incrivelmente instável”.

“Eu tenho e continuo a analisar os argumentos de proeminentes apologistas cristãos e estudiosos da Bíblia, e tenho a mente aberta o suficiente para considerar os argumentos de debatedores ateus e debatedores de outras religiões”, continuou ele. 

“Se a verdade for verdadeira, permanecerá assim, independentemente da minha compreensão. Se eu procurar, certamente se tornará ainda mais claramente visto como a verdade que é. Examinar um diamante mais próximo revela a qualidade do diamante. Como ainda estou respirando, ainda estou aprendendo.

Apesar de sua longa história com a Igreja Hillsong, Sampson enfatizou que seus pensamentos são seus e não representam nenhuma igreja, acrescentando: “Se tudo que eu recebi da Hillsong é apoio e a oportunidade de seguir minha própria mente, e eles sempre ensinaram o que eu percebo ser uma doutrina pentecostal sadia”.

“Você não pode ter opiniões bem educadas sem se educar bem”, concluiu. “Esta é uma janela para os meus processos de pensamento no momento atual.”

Sampson chegou às manchetes esta semana depois de anunciar em um post já deletado no Instagram : “Estou realmente perdendo minha fé, e isso não me incomoda. Tipo, o que me incomoda agora não é nada. Estou tão feliz agora, tão em paz com o mundo. É louco.”

“Por que a Bíblia é cheia de contradições? Ninguém fala sobre isso. Como Deus pode ser amor ainda enviar quatro bilhões de pessoas para um lugar, tudo porque eles não acreditam? Ninguém fala sobre isso”, escreveu ele.

“Tudo o que sei é o que é verdade para mim agora, e o cristianismo parece-me uma outra religião neste momento”, concluiu ele.

Sampson escreveu e cantou canções de adoração com várias lendas de Hillsong, de Darlene Zschech a Joel Houston e Brooke Ligertwood.

Algumas de suas canções, em inglês, incluem: “Carry Me”, “Better Than Life”, “King of Majesty”, “For Who You Are”, “Take it All”, “Came to My Rescue”, e mais recentemente “One Thing” e “O Praise the Name (Anástasis)”.

Folha Gospel com informações de The Christian Post