Marty Sampson, cantor, compositor e líder de adoração da Hillsong, anunciou o abandono da fé cristã
Marty Sampson, cantor, compositor e líder de adoração da Hillsong, anunciou o abandono da fé cristã

Após semanas lutando publicamente com sua fé cristã, Marty Sampson parece ter se despedido do cristianismo – ou, no mínimo, da Igreja – de uma vez por todas, em uma atualização emocionada do Instagram publicada nesta sexta-feira.

No post, o líder de adoração da Hillsong de muitos anos expressou seu amor pelos líderes seniores da Igreja, Brian e Bobbie Houston, e pelo líder de louvor Joel Houston, entre outros. 

Ele chamou Hillsong de sua “linda família de almas incríveis” enquanto agradecia pelas memórias e seu amor.

Na atualização altamente carregada, Sampson, que começou na Hillsong nos anos 90, disse que tinha lágrimas escorrendo pelo rosto e que ele já sentia falta de estar perto de sua família Hillsong. 

Ele escreveu: “Eu te amo @brianchouston  Eu te amo @bobbiehouston  Eu te amo @joelhouston  Eu te amo @benjaminhouston  Eu te amo @lauratoggs  – Obrigado por todas as memórias incríveis, pelas noites em sua casa dormindo no chão, pelos momentos surpreendentes quando eu vi o que é uma bela família”, disse Sampson.

“Para @hillsong minha linda família de almas incríveis, eu amei estar perto de vocês todos e eu realmente sinto falta de estar perto de vocês todos. Vocês são algumas das pessoas mais maravilhosas que eu conheço. Obrigado por todo o amor e toda a graça e bondade que você me mostrou por muitos anos.”, continua Sampson.

Mas sua mensagem foi além da Igreja Hillsong, quando ele passou a expressar seu amor por todos os cristãos e disse que ele tinha perdoado a Igreja. Ele também pediu que os cristãos o perdoassem se ele tivesse falado mal deles.

No entanto, antes de terminar, ele disse que foi um cristão, porém, “não era mais”.

“À IGREJA DE JESUS ​​CRISTO, eu te perdoo, e te amo. Tenho lágrimas escorrendo pelo meu rosto porque é tão verdadeiro. Eu adoro vocês cristãos. Eu amo tanto. Isso é tudo”, escreveu ele.

“Foi incrível ser um de vocês, mas eu não sou mais.

“Eu amo todos vocês, e eu sempre amarei. Eu não vou esquecer o quanto eu amo os cristãos, mesmo que eles não me amem, eu sempre amarei você. Desculpe por quaisquer palavrões que eu já disse sobre algum de vocês Perdoe-me, eu amo todos vocês. 

Sampson escreveu canções que foram cantadas por cristãos e igrejas em todo o mundo, como “Carry Me”, “Better Than Life”, “King of Majesty”, “For Who You Are”, “Take it All”, “Came to My Rescue”, e mais recentemente “One Thing” e “O Praise the Name (Anástasis)”.

Mas ele surpreendeu a Igreja em todo o mundo no início deste mês, quando desabafou suas frustrações sobre a fé cristã e as aparentes “contradições” da Bíblia, dizendo que ele “não estava mais presente”. Mais tarde, ele excluiu o post.

“Hora de uma conversa real. Estou genuinamente perdendo minha fé e isso não me incomoda. Tipo, o que me incomoda agora não é nada. Estou tão feliz agora, tão em paz com o mundo. É louco.”, disse Sampson no post excluído.

O que se seguiu nas últimas semanas tem sido uma sucessão de posturas examinando ainda mais a fé cristã e compartilhando sua luta interior. Todas as postagens foram depois excluídas.

Marty Sampson chegou a dizer que, embora ele não tenha “renunciado” ao cristianismo, estava, no entanto, “incrivelmente instável”.

Com sua última declaração nesta sexta-feira lendo como uma carta de despedida, parece que desta vez, é realmente um adeus de Marty Sampson.

Leia o post em inglês, abaixo:

Ver essa foto no Instagram

I love you @brianchouston I love you @bobbiehouston I love you @joelhouston I love you @benjaminhouston I love you @lauratoggs – Thank you for all the amazing memories, for the nights at your place sleeping on the floor, for the amazing times when I saw what a BEAUTIFUL family looks like. For the days where I fit in, where I was received with love, Brian when you officiated my wedding, for asking how my kids were, for letting me write songs and sing and have trust in me to go around the world doing what I always dreamed of doing. Thank you for the good times and for all the belief you have put into so many. You are genuinely inspiring, I love you. To @hillsong my beautiful family of amazing souls, I have loved being close to you all and I really miss being around you all. You are some of the most wonderful people I know. Thank you for all the love and all the grace and kindness you have shown me for these many years. To the CHURCH of Jesus Christ, I forgive you, and I LOVE you. I’ve got tears running down my face because it’s so true. I adore you Christians. I love you SO MUCH. That’s all. It was amazing being one of you, but I’m not any more. I love you all, and I always will. I won’t forget how much I love Christians, even if they don’t love me, I will always love you. Sorry for any bad words I have ever said about any of you. Forgive me. I love you all.

Uma publicação compartilhada por Marty Sampson (@martysamps) em

Folha Gospel com informações de Christian Today