Apóstolo Fernando Guillen morreu vítima da covid-19
Apóstolo Fernando Guillen morreu vítima da covid-19

O líder religioso Fernando Guillen morreu nesta quarta-feira (17) vítima de complicações da Covid-19.

Ele tinha sido diagnosticado com a Covid-19 no início de janeiro e precisou ser internado no CTI (Centro de Tratamento Intensivo), após apresentar problemas respiratórios. O religioso morreu na madrugada desta quarta-feira, aos 41 anos.

A notícia foi confirmada pela assessoria do apóstolo em comunicado nas redes sociais.

“Fernando Guillen descansou! Comunicamos que na madrugada desta quarta-feira 17/02/2021 nosso Apóstolo, Pai espiritual e General de Deus foi recebido nos céus. Ele levantou-se do leito de sofrimento e enfermidade, foi ao encontro de Jesus, que ficou de pé para recebê-lo, pois sua trajetória na Terra transcendeu.”, diz a nota. 

O apóstolo chegou a ser intubado em 1º de fevereiro para tratar os problemas pulmonares em decorrência da Covid-19. Em 09 de fevereiro Fernando precisou passar por uma traqueostomia para acelerar a retirada do tubo, o procedimento ocorreu bem. Mas, o seu quadro de saúde se agravou no decorrer dos dias vindo a falecer nesta quarta.

Ele havia sido diagnosticado com Linfoma folicular (um tipo de câncer) em outubro de 2019 e anunciou a cura no ano seguinte.

Fernando Guillen era pastor da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, Minas. Também, era diretor do Centro de Integração Global AC7ION em BH, Master Coach, Empreendedor Digital, Consultor de Negócios.

Além disso, era palestrante Internacional, Graduado em Engenharia de Sistemas, MBA em Administração de Empresas pelo Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores de Monterrey, do México.

Pastores lamentam a morte de Fernando Guillen

Alguns pastores se pronunciaram nas redes sociais e lamentaram a morte do apóstolo Fernando Guillen.

– Estou muito triste pois perdemos um grande homem de Deus – declarou o pastor Jorge Linhares.

– Grande perda. Descanse com Deus – destacou Tiago Brunet.

– Nossas orações pelo consolo sobrenatural do Espírito Santo – disse Ana Paula Valadão.

– Meu amigo, [em] dezembro a gente [estava] sonhando tanta coisa junto. Obrigado por tudo. Jamais esquecerei tudo que você fez por mim e todos os ensinamentos. O legado continua – escreveu o pastor Felippe Valadão.

– Ah Jesus! Mal posso acreditar. Às vezes não estamos prontos para os nãos de Deus, mas humildemente aceitamos sua vontade. Cremos na ressurreição dos santos para a vida eterna e esperamos ardentemente o dia do nosso encontro com Jesus e com nossos amados que se foram. Querida Debora! Sinto tanto! Sou tão grata ao Senhor pela vida do Fernando e pela marca que ele deixou em nós. Amamos muito vocês! Orando por consolo e graça vinda do alto sobre sua vida e de sua filhina. Te amo qrida! – escreveu a cantora Nívea Soares.

– Foi uma honra ministrar ao lado deste grande homem d Deus… Q legado… Meus sinceros sentimentos à família – disse David Quinlan.

– Meus Deus, grande perda pra Terra. Mas seu legado permanecerá, meu amigo! Descanse ao lado do Pai – escreveu Davi Sacer.

Folha Gospel com informações de Pleno News, Gospel Minas e Instagram de Fernando Guillen