Damaris, cristã que era perseguida na Nigéria e visitou o Brasil para dar seu testemunho, morreu vítima do câncer de mama
Damaris, cristã que era perseguida na Nigéria e visitou o Brasil para dar seu testemunho, morreu vítima do câncer de mama

Uma das viúvas da Nígéria, Damaris Atsen, que esteve ano passado no Brasil, faleceu após lutar há anos contra um câncer de mama.

A ligação dela com a Portas Abertas teve início em 2010, quando seu marido foi morto por muçulmanos extremistas enquanto tentava ajudar um homem cego em uma situação de perigo. A partir de então, ela passou a cuidar sozinha dos quatro filhos.

“O Senhor me consola enquanto canto”, disse Damaris ao encontrar seu consolo no Senhor depois que seu marido foi morto.

Damaris era uma sobrevivente e, com apoio de cristãos de todo o mundo que oravam e a apoiavam mesmo à distância, ela permanecia em sua fé em Cristo. “Mesmo quando eu queria desfalecer, eu sabia que tinha pessoas orando por mim, e isso sempre me fortaleceu”, disse no ano passado, quando esteve no Brasil para uma série de palestras em diversos Estados.

Mas essa não era sua única batalha. Há anos, ela lutava contra um câncer de mama que, ultimamente, já havia se alastrado pela mão e braço esquerdos.

No último dia 12 de setembro, porém, Damaris foi levada às pressas ao hospital em coma, mas não resistiu. De acordo com um membro da equipe de campo da Portas Abertas, “Damaris foi uma cristã constante e acreditava que Deus a curaria. Mas ele decidiu que era tempo de descanso”.

Durante oito anos, a equipe da Portas Abertas acompanhou a viúva e aprendeu a amá-la e admirar sua contínua fé e esperança em Deus frente a tantos desafios. Ela será lembrada com muito carinho e respeito.

Em um dos encontros, Damaris compartilhou que agradecia a Deus por estarmos em sua vida. Disse que isso permitiu que tivesse novamente um sorriso no rosto. Ela sempre repetia um versículo que a encorajava, que está em Romanos 8.35: “Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?”. Sua oração e desejo era que nada a separasse desse amor. E agora ela está ainda mais perto do amor do nosso Deus.

Assista abaixo ao vídeo da visita dela à base da Portas Abertas no Brasil, onde nos deixou o recado: “Segure-se em Jesus”.

Fonte: Missão Portas Abertas