Um grupo fundamentalista hindu bombardeou um orfanato cristão, acusando seus administradores de converter as crianças não cristãs e de receber fundos de organizações pró-maoístas.

A explosão aconteceu em Birganj, capital industrial do Nepal, no “Lar Crianças Agraciadas”, e feriu uma criança que precisou ser hospitalizada.

O orfanato é administrado pela Igreja Pentecostal e é a casa de cerca de 80 crianças de várias partes do país que perderam os pais durante a insurgência maoísta.

De acordo com a Praban, uma organização local, são duas as razões para o ataque: “Primeiramente, os proprietários cristãos da casa estão obviamente convertendo crianças hindus e budistas das regiões montanhosas ao cristianismo (…). O atentado foi uma advertência contra o projeto. Em segundo lugar, (…) temos evidência de que as crianças são na verdade filhos de guerrilheiros maoístas que foram mortos em combate durante a insurgência. Os maoístas não se importam que seus filhos se tornem cristãos”.

Falando ao AsiaNews, os administradores do orfanato rejeitaram todas as acusações, dizendo que seu trabalho “é ajudar e educar crianças pobres que perderam suas famílias.”

Fonte: Portas Abertas