Nem a crise econômica e os preços dos ingressos impediram que 2,4 milhões de espectadores comprassem antecipadamente entradas para o filme ‘Os Dez Mandamentos’, que estreia nesta quinta. O longa, que será exibido em mais de mil salas de cinema pelo país, bateu todos os recordes de vendas antecipadas no Brasil.

[img align=left width=300]http://ejesa.statig.com.br/bancodeimagens/99/cy/9x/99cy9xxbk8u1x0rd77cbc3ao0.jpg[/img]O número expressivo do filme, que conta a saída do povo hebreu do Egito rumo à Terra Prometida, superou na pré-venda bilheterias como a do ‘Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro’, que conseguiu vender 300 mil ingressos antecipadamente, enquanto ‘Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2’ somou 645 mil antes da estreia. A novela homônima — um fenômeno da TV, de março a novembro do ano passado — atraiu cerca de 144 milhões de telespectadores no Brasil e alavancou em 139% os índices da Record, segundo a emissora.

Grande parte dos ingressos foi comprada por membros da Igreja Universal, que usam as entradas para a evangelização. Esse é o caso do autônomo Calebe Melo, de 20 anos, que junto ao grupo de jovens da congregação que frequenta, em Seropédica, comprou vários ingressos. “Uma moça disse que gostou da minha camisa do filme e dei quatro ingressos para ela”, conta. A estudante Bianca Monteiro, 20, moradora de Pedra de Guaratiba, fez o mesmo: “Tenho 15 ingressos para levar minha família e amigos.”

Os dois jovens pretendem lotar as sessões no dia da estreia para assistir ao filme junto com suas congregações. Enquanto Bianca irá de BRT para o cinema no Recreio, junto com 200 membros de sua igreja, Calebe vai com mais 100 fieis de sua denominação assistir ao filme em Itaguaí, em um ônibus fretado. “Queríamos assistir juntos, em Campo Grande, mas não tem vagas”, justifica.

O gerente do cinema UCI Park Shopping, onde Bianca e Calebe queriam assistir ao filme, confirma a procura: “Só temos ingressos para a terceira semana”, diz Rodrigo Carvalho. Segundo ele, as duas salas separadas para o filme receberão 30 mil pessoas nos primeiros 14 dias. “É realmente um recorde de público.”

Segundo o diretor da trama, Alexandre Avancini, após o término da novela, os espectadores reclamaram e pediram uma continuação, o que fez a Record notar uma possibilidade: “Conquistamos uma legião de fãs que ficaram carentes”, lembra.

O diretor Avancini tenta tranquilizar o público, ansioso para ver a história na telona, avisando que o filme não será apenas um resumo do que viram na TV. “Começa com Josué 40 anos depois, contando a história de Moisés”, entrega ele, acrescentando que mais de 6.500 fitas foram remasterizadas, com muitas cenas inéditas. Além do filme, ele ainda prepara a segunda temporada da novela, prevista para fevereiro e conta um trecho: “Jetro e sua família serão feitos prisioneiros dos moabitas”, antecipa.

[b]Na internet, a ansiedade é compartilhada
[/b]
Não é apenas no mundo real que os números do longa impressionam. As manifestações sobre o filme atingiram 10 milhões de visualizações no Facebook e Twitter. Além de divulgarem posts das curiosidades e a ansiedade com a estreia, internautas também têm feito vídeos de incentivo. No Twitter, foram mais de 2,2 milhões de visualizações de mensagens envolvendo a hashtag #osdezmandamentosofilme. No Instagram, os vídeos já provocaram 231 mil likes.

A estudante Taísa Vilela, de 24 anos, moradora de Pedra de Guaratiba, é uma das que acompanham as novidades pelas redes sociais. “Tem até grupos no WhatsApp para comentarmos”, diz. A também estudante Taciana Morais, 13, completa: “Queremos ver as cenas inéditas”, afirma. E qual cena ela mal pode esperar? “Imagina só a abertura do Mar Vermelho na tela do cinema”, exclama, ansiosa.

[b]Fonte: O Dia[/b]