Suspeito de assalto foi ferido no ombro e está hospitalizado na cidade. Dupla tentou levar equipamentos da casa paroquial durante a madrugada

Em depoimento na tarde desta quinta-feira (23), um padre de 40 anos confessou ser o autor do disparo que feriu um homem que tentou assaltar a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Avenida Presidente Vargas, em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. A informação é do titular da 3ª Delegacia de Polícia da cidade, delegado André Diefenbach.

“Ele disse que estava dormindo no segundo andar da casa paroquial quando ouviu um barulho de vidro quebrando e desceu para ver o que era. Havia dois sujeitos e um deles carregava uma televisão. O outro apontou a arma para o padre, que também estava armado e disparou”, contou o delegado ao G1. O revólver estava devidamente registrado no nome do padre, e, com isso, o porte da arma é legal. “A princípio, é legitima defesa”, salientou Diefenbach.

O suspeito, DE 31 anos, está internado no Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), sob custódia da Brigada Militar (BM). Ele foi autuado em flagrante por roubo a residência. O comparsa, de 35 anos, fugiu, mas já foi identificado.

[b]Fonte: G1[/b]