Papa Francisco
Papa Francisco

O Papa Francisco disse que a pandemia do novo coronavírus pode ser uma das “respostas da natureza” à população mundial, que ignora a crise ecológica.

“Não respondemos às catástrofes parciais. Quem agora fala dos incêndios na Austrália, ou lembra que há 18 meses um barco poderia atravessar o Polo Norte porque todas as geleiras haviam derretido? Quem fala agora das enchentes? “, questionou o papa em uma entrevista por e-mail publicada hoje nas revistas The Tablet e Commonwealth.

“Não sei se essas são a vingança da natureza, mas certamente são as respostas da natureza”, analisou.

O pontífice também disse que está se recuperando da bronquite e orando ainda mais durante este “tempo de grande incerteza”. Ele revelou que se confessa todas as terças-feiras para pedir perdão por seu próprio egoísmo.

Francisco também pregou que este é o momento de ver os pobres, a quem a sociedade, segundo ele, costuma tratar como “animais resgatados”.

Ele alertou ainda sobre a ascensão de políticos populistas e de outros que se concentram exclusivamente na economia neste momento. “Estou preocupado com a hipocrisia de certas personalidades políticas que falam em enfrentar a crise, do problema da fome no mundo, mas que, entretanto, fabricam armas.”

“Hoje acredito que temos que diminuir nossa taxa de produção e consumo e aprender a entender e contemplar o mundo natural”, acrescentou.

Fonte: UOL