Papa Francisco cumprimenta Cristiane Murray, em imagem de arquivo — Foto: Vatican News/ Reprodução
Papa Francisco cumprimenta Cristiane Murray, em imagem de arquivo — Foto: Vatican News/ Reprodução

O papa Francisco nomeou a jornalista brasileira Cristiane Murray como vice-diretora da assessoria de imprensa da Santa Sé, informou a entidade nesta quinta-feira (25). 

Nascida no Rio de Janeiro em 1962, Murray trabalha na Rádio Vaticano desde 1995 e fala português, italiano, inglês, espanhol e francês. Ela é casada e tem dois filhos.

A assessoria de imprensa do Vaticano será dirigida por duas pessoas sem cargos religiosos: o anglo-italiano Matteo Bruni, como diretor, e Murray, como vice-diretora.

“Aceito esta nomeação com emoção. Para os jornalistas e colegas do Dicastério (ministério) da Comunicação, é um grande reconhecimento do nosso trabalho diário de levar o Evangelho ao mundo, a mensagem do papa e da Igreja. Os agradecimentos são dirigidos, antes de tudo, ao Santo Padre. O meu agradecimento e o de todos nós, especialmente das mulheres, por me escolher para esta importante tarefa “, disse Murray.

Desde 2018, a jornalista colabora na preparação do Sínodo dos Bispos da Amazônia, previsto para outubro deste ano. O encontro será um dos eventos mais importantes do papa neste ano e abordará questões delicadas, como a devastação da Amazônia por grandes empresas, a corrupção, a imigração para as cidades e o abandono dos povos indígenas.

Considerado o pontífice mais sensível a problemas ecológicos depois de publicar em 2015 a encíclica “Laudato Sí”, o papa argentino convocou a assembleia de bispos na Amazônia para buscar formas de proteger os povos da região. 

Fonte: Folha de S. Paulo