Ateísmo
Ateísmo

Uma série de ataques a pastores e líderes religiosos estão ocorrendo com mais frequência em diversos países da América Latina.

No final do julho, o jornal El Tiempo relatou que um líder cristão foi achado morto em seu apartamento em Medellín, na Colômbia. As autoridades alegam que a morte foi consequência de um assalto violento.

No mesmo período, a plataforma de notícias El Salvador Timesrelatou que um pastor foi morto por um grupo armado em Santa Tecla, em El Salvador.

De acordo com o El Salvador Times, os responsáveis são membros de uma gangue que estavam disfarçados de policiais e tentaram sequestrar o pastor das instalações da igreja.

Por último, de acordo com o Tiempo, um pastor foi morto dentro da igreja que ele dirigia em San Marcos, Honduras.

A analista de perseguição Rossana Ramirez salienta que o aumento da insegurança e violência é uma tendência em toda a região.

“Na Colômbia, El Salvador e Honduras, gangues e redes criminosas representam um problema sério. O risco de cristãos serem escolhidos como alvo depende do nível de violência em cada país”, explica.

Entretanto, líderes de igrejas nos três países citados estão recebendo ameaças de grupos criminosos e percebem o alto risco de se tornarem vítimas de sequestros, assaltos, ameaças de morte, extorsão e assassinato.

Essa situação acontece principalmente porque pastores e líderes cristãos se tornam conhecidos por encorajar as comunidades locais a rejeitar qualquer forma de colaboração com grupos criminosos e suas atividades.

Fonte: Missão Portas Abertas