Foi divulgado ontem que o presidente norte-americano Barack Obama vai visitar na próxima semana Belém e regiões próximas.

Ele irá visitar a Igreja da Natividade, local que os cristãos acreditam ter acontecido o nascimento de Jesus.

Segundo a Agência Lusa, a Autoridade Palestina foi informada oficialmente por representantes dos Estados Unidos que Obama viajará para Cisjordânia, ocupada por Israel. O objetivo é visitar o lugar onde Maria teria dado à luz num estábulo a Jesus.

A viagem está marcada para 20 de março. O anúncio oficial informou que está previsto para durar três dias o deslocamento a Israel e aos territórios palestinos.

O percurso ainda inclui negociações com líderes israelistas em Jerusalém e uma viagem para Ramallah, na Cisjordânia. O lugar é sede da Autoridade Palestina.

A agência da Organização das Nações Unidas para a educação, ciência e cultura (UNESCO) ignorou os argumentos contrários de Israel para a urgência do estatuto de patrimônio mundial à Igreja da Natividade. A medida ajudaria na captação de recursos para a manutenção e reparos do lugar, devido ao estado de degradação do monumento.

Na ocasião, representantes norte-americanos manifestaram o desapontamento pela escolha da Igreja da Natividade como Patrimônio da Humanidade. Após a escolha pelo comitê do patrimônio mundial, Israel e Estados Unidos retiraram o financiamento na instituição. Os recursos financeiros dos Estados Unidos para a UNESCO chegavam a 20% do orçamento da entidade.

O Brasil foi um dos países que votou a favor da Igreja da Natividade. O templo cristão e local de peregrinações de religiosos de todo o mundo foi o primeiro bem da Palestina inscrito no Patrimônio Cultural da Humanidade, da UNESCO.

A visita do Presidente Barack Obama acontecerá no mesmo período em que as relações entre Israel e Palestina atravessam um período com turbulências.

[b]Fonte: The Christian Post[/b]