Silas Malafaia
Silas Malafaia

discurso de Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral da ONU, nesta terça-feira (24), foi motivo para diferentes manifestações e interpretações das palavras do presidente brasileiro.

Quem o defende, afirma que o Brasil se posicionou diante as outras nações, quem o critica, diz que o chefe do Executivo nacional perdeu uma grande oportunidade de tentar salvar a imagem do país diante do desgaste internacional.

Um dos que criticam o posicionamento de Bolsonaro foi um antigo aliado. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), não poupou críticas ao presidente da República, dizendo que seu discurso foi “inoportuno e inapropriado”.

“Lamento que o presidente tenha perdido mais uma oportunidade para o Brasil, o país para o qual foi eleito para representá-lo bem. Faltou bom senso e humildade”, disse o tucano.

Ofendido com as palavras do governador paulista, o pastor Silas Malafaia saiu em defesa de Bolsonaro e atacou Doria.

Nas redes sociais, o líder evangélico chamou o governador paulista de hipócrita e disse estar arrependido do apoio que lhe deu nas eleições de 2018.

“Dória! Você perdeu uma oportunidade de ficar calado. Bolsonaro na ONU, defendeu nossa soberania e o que essa esquerda maldita fez na nossa nação. DEIXA DE SER HIPÓCRITA! Você só é governador por causa de Bolsonaro. Você é um ingrato oportunista, me arrependo do apoio que te dei”, bradou o pastor.

João Doria usou no segundo turno de sua campanha o slogan “BolsoDória”, se aproveitando da então popularidade do ex-capitão para conseguir mais votos, principalmente da ala evangélica, que possibilitou a sua eleição. Porém, de olho nas eleições de 2022, os antigos aliados se alfinetam sempre que podem. Assim como Doria criticou Bolsonaro hoje, o presidente fez questão de divulgar que o governador utilizou um empréstimo do BNDES para comprar um jatinho.

Fonte: Revista Fórum