Stan Lee, roteirista e editor da Marvel Comics, morreu aos 95 anos.
Stan Lee, roteirista e editor da Marvel Comics, morreu aos 95 anos.

A Bíblia se tornou uma fonte de inspiração para Stan Lee, roteirista e editor da Marvel Comics, que morreu aos 95 anos na segunda-feira (12). A informação foi revelada por Art Ayris, editor executivo da Bíblia Kingstone, que mostra histórias bíblicas em HQs.

“O que muita gente não sabe sobre Lee é que ele não é apenas um extraordinário criador de quadrinhos e provavelmente o mais icônico editor de quadrinhos de todos os tempos, mas que a Bíblia também teve influência nele”, disse Ayris, segundo o site Charisma News.

Stan Lee faleceu após passar mal em sua casa em Los Angeles (EUA) e ser levado ao hospital, onde morreu. Ele sofria de pneumonia e problemas nos olhos.

Stanley Martin Lieber nasceu em 1922, em Nova York, e começou a trabalhar em HQs com o pseudônimo de Stan Lee em 1939. Ele criou super-heróis como Homem-Aranha, Thor, Hulk, X-Men, Pantera Negra, Homem de Ferro, Doutor Estranho e Demolidor.

“Como muitos de seus contemporâneos escritores de HQs, Stan Lee era judeu”, revelou Ayris. “Stan disse que lia a Bíblia e, embora não fosse particularmente religioso, citava a Bíblia como uma importante influência literária. Ele amava a fraseologia das Escrituras e afirmou que ‘definitivamente [a Bíblia] estava em minha mente quando eu escrevia histórias como Thor’”.

Ayris acrescentou: “Muitos dos primeiros escritores de quadrinhos eram imigrantes judeus que tinham um fundo de moralidade judaico-cristã. É por isso que os principais heróis de histórias em quadrinhos foram caracterizados por claramente cortar bons e maus personagens. Eles eram pessoas de moralidade, valores e até mesmo fé. Muitos argumentariam que os super-heróis originais eram personagens do tipo Messias”.

O editor da Bíblia em quadrinhos reconhece o legado deixado por Stan Lee aos escritores de HQs. “De muitas maneiras, sentimos que o trabalho dele abriu as portas para nós. Devido à onipresença da Marvel e da DC Comics em todo o mundo, quando entramos em uma nova região com quadrinhos religiosos no estilo Marvel, somos imediatamente aceitos. Somos gratos por sua influência e busca por quebrar as nossas próprias barreiras na modelagem de seu sucesso e, mais importante, deixar a Bíblia nos influenciar em tudo o que fazemos”.

Fonte: Guia-me