Ciente das proporções alarmantes que a relação entre depressão e suicídio tem alcançado e engajado na campanha “Setembro Amarelo”, o cantor Regis Danese lançou na última segunda-feira o clipe do single “Depressão”.

“A ansiedade tem sido o mal do século e com a ansiedade tem crescido o número de pessoas com depressão, hoje estamos vivendo uma geração que não está preparada para frustrações, e não sabem lidar com as emoções. Como temos experiências de medo, insegurança, diante do que passamos com a doença que a Brenda teve, buscamos forças em Deus, através da nossa fé que foi maior que esse problema”, destacou Kelly Danese, que junto com Joselito compôs o tema..

“Com essa experiência e o mal que essa doença tem feito, resolvemos escrever essa música, Depressão, você é especial pra mim e pra Deus, um amor sem igual Deus tem por você, não desista de viver, essa depressão vai passar você vai ver. Que tudo passa na vida, até mesmo a dor, para que a pessoa não venha a desistir, entregar, confiar e descansar em Deus”, acrescentou ela.

Nesse projeto além de intérprete o músico escreveu o roteiro do clipe e dividiu a produção musical com Josué Godoy. Contando com a direção geral de Luiz Soufe, a gravação do videoclipe ocorreu em Uberlândia, Minas Gerais, no final de agosto.

“A gente resolveu gravar esse clipe porque hoje o índice de suicídio no mundo aumenta a cada ano, os números da OMS são assustadores, a cada 40s uma pessoa tira sua própria vida. Essa enfermidade não escolhe classe social, condição financeira ou crença religiosa, e pensando em tudo isso resolvi produzir essa música, Deus me inspirou e me deu o roteiro, apresentei pro Luiz Soufe e ele captou de forma brilhante cada detalhe daquilo que eu queria transmitir. Essa música será um grande instrumento para ajudar as pessoas a enfrentar esse transtorno”, declarou o cantor.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a depressão será até 2020 o maior motivo de afastamento de trabalho no mundo. O Brasil é considerado atualmente o campeão de casos na América Latina, com 5,8% da população enferma.

Confira o clipe “Depressão” acima.

Comentários