A polícia de Santa Catarina está procurando o pastor Célio Voigt, 47 anos, da Igreja Presbiteriana Filadélfia, localizada na cidade de Blumenau. Ele é suspeito de molestar sexualmente duas crianças, um menino de 11 e uma menina de dez anos, na cidade de Blumenau.

O caso foi registrado no dia 14 de fevereiro. Segundo o delegado Henrique Stodieck Neto, da Delegacia de Proteção à Mulher, Criança e ao Adolescente, o pastor não compareceu aos depoimentos marcados para os dias 21 e 23 deste mês e sumiu depois que o mandado de prisão preventiva foi expedido contra ele.

Os advogados de Voigt informaram à polícia que ele estaria em tratamento psicológico numa clínica da cidade de Balneário Camboriú, litoral norte do estado. A informação foi desmentida na tarde desta sexta, o que fez com que a polícia o tratasse como foragido.

Segundo Stodiecki, a denúncia do abuso sexual partiu dos pais das crianças. “Exame de corpo de delito comprovou o abuso sexual em ambas as crianças”, afirmou Stodieck.

A polícia de todo o Estado foi avisada sobre o caso e procura pelo pastor, que há 20 anos trabalhava na igreja de Blumenau.

Fonte: Última Hora News