Uilton Meira de Oliveira Júnior, 16 anos, morreu na igreja pedindo perdão depois de ser baleado.
Uilton Meira de Oliveira Júnior, 16 anos, morreu na igreja pedindo perdão depois de ser baleado.

Um adolescente de 16 anos morreu dentro de uma igreja evangélica depois de ser baleado na noite de segunda-feira (4), na Grande Vitória, no Espírito Santo.

Uilton Meira de Oliveira Júnior estava com amigos na frente de um bar a cerca de 150 metros da igreja Deus É Amor, no bairro Novo Brasil, em Cariacica. Até que, por volta das 21h, criminosos armados passaram atirando.

Baleado, Uilton correu pela rua e entrou na igreja, que já estava com a porta fechada. Segundo o pastor Alessandro Claudio Neves, o culto já tinha terminado e havia cerca de 10 pessoas no local.

No momento em que viram o adolescente ferido, os fiéis entraram em pânico com medo que os assassinos entrassem na igreja. Em entrevista à TV Gazeta, Alessandro revelou que o adolescente pediu perdão antes de morrer.

“Foi uma coisa muito rápida. Ele só disse ‘me perdoa por tudo o que eu fiz’. Falou só isso e morreu”, disse Alessandro. “Oramos para Deus dar livramento para ele”, contou a mãe do pastor, Zulmira Cláudio Neves.

Amigos da vítima disseram à reportagem que cerca de oito homens armados roubaram celulares e agrediram mulheres do grupo. Os criminosos afirmaram procurar um rapaz, que não era o jovem que acabou morto. Por não terem encontrado o alvo, eles decidiram matar qualquer pessoa e atiraram em Uilton.

Mesmo sem saber se o adolescente tinha envolvimento com crimes, o pastor Alessandro acredita que Uilton recebeu salvação por ter se arrependido. “Eu creio que ele está em um lugar melhor, porque a Bíblia diz que até o último suspiro, ainda há salvação”, afirmou.

O corpo de Uilton foi levado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. Parentes e amigos estiveram no local nesta manhã de terça-feira (5).

O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios de Cariacica e, até o momento, nenhum suspeito foi detido. A Polícia Militar informou que reforçou o policiamento no bairro Novo Brasil.

Fonte: Guia-me com informações de G1