Urna eletrônica
Urna eletrônica

Representantes evangélicos conquistaram dezenas de cadeiras na Câmara dos Deputados e no Senado, com votação significativa em quase todos os estados brasileiros. O site JM Notícia conseguiu listar alguns nomes que fazem parte do grupo em cada estado e você poderá conferir no final da matéria.

Vale destacar que este ano teremos alguns novos nomes na lista da Bancada Evangélica na Câmara, entre eles a cantora Flordelis (PSD-RJ) que foi eleita pelo Rio de Janeiro.

O grande destaque é a jornalista Joice Hasselmann (PSL-SP) que foi a mulher eleita com o maior número de votos da história do país. Membro da Igreja Batista, a jornalista alcançou 1.078.666 votos.

Três pastores muito respeitados pelo Brasil também conseguiram conquistar uma vaga na Câmara e estarão, pela primeira vez, no Congresso Nacional: pastor Abílio Santana, eleito pela Bahia; o pastor Otoni de Paula, eleito pelo Rio de Janeiro; e o pastor Eli Borges, eleito pelo Tocantins.

O pastor Marco Feliciano, conseguiu se reeleger por São Paulo, porém teve uma votação menor que no seu segundo mandato, conseguindo uma votação de 239.784 votos. Bem próximo do que alcançou em 2010, quando estreou na política.

Bancada teve grandes baixas

Apesar de ter nomes de peso representando os evangélicos, a bancada religiosa perdeu o seu principal representante: o senador Magno Malta (PR-ES). O senador capixaba ficou em terceiro lugar e não conseguiu se reeleger.

O pastor Idekazu Takayama, atual presidente da Bancada Evangélica, também não conseguiu se reeleger e estará fora do Congresso Nacional a partir de janeiro de 2019.

O cantor Irmão Lázaro, que liderava as pesquisas de intenções de voto ao Senado da Bahia, também não conseguiu votos suficientes.

O mesmo aconteceu com o pastor Guaracy Júnior, da Igreja Evangelho Quadrangular no Amapá, ele liderava as intenções de voto, mas não conseguiu vaga no Senado.

Na lista de personalidades evangélicas que tentaram vagas no Congresso e não conseguiram temos ainda: Cristina Mel, Vanilda Bordieri, Marisa Lobo, Mattos Nascimento, entre outros.

Deputados Federais Evangélicos

Pastor Manuel Marcos (PRB-AC)
Severino Pessoa (PRB-AL)
Aline Gurgel (PRB-AP)
Silas Câmara (PRB-AM)
Pastor Sargento Isidório (AVA-BA)
Pastor Abílio Santana (PHS-BA)
Alex Santana (PDT-BA)
Heitor Freire (PSL-CE)
Júlio César (PRB-DF)
Lauriete (PR-ES)
João Campos (PRB-GO)
Pastor Gildenemyr (PMN-MA)
Gilberto Abramo (PRB-MS)
Lincoln Portela (PR-MG)
Pastor Eurico (PATRI-PE)
Bispo Ossesio (PRB-PE)
André Ferreira (PSC-PE)
Flordelis (PSD-RJ)
Otoni de Paula (PSC-RJ)
Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ)
Benedita da Silva (PT-RJ)
Clarissa Garotinho (PROS-RJ)
Wladimir Garotinho (PRP-RJ)
Shéridan (PSDB-RR)
Geovania de Sá (PSDB-SC)
Joice Hasselmann (PSL-SP)
Pastor Marco Feliciano (PODE-SP)
Marcos Pereira (PRB-SP)
Cezinha de Madureira (PSD-SP)
Paulo Freire Costa (PR-SP)
David Soares (DEM-SP)
Gilberto Nascimento (PSC-SP)
Roberto de Lucena (PODE-SP)
Eli Borges (SD-TO)

Senadores Evangélicos Eleitos

Eliziane Gama (PPS-MA)
Flávio Bolsonaro (PSL-RJ)
Arolde de Oliveira (PSD-RJ)
Marcos Rogério (DEM-RO)
Mecias de Jesus (PRB-RR)
Zequinha Marinho (PSC -PA)

  • A lista pode ser atualizada

Fonte: JM Notícia