A Conferência Episcopal do Paraguai divulgou hoje uma declaração na qual exorta Fernando Lugo, que assumirá a presidência do país no próximo dia 15 de agosto, a atender os pedidos da população paraguaia por mudanças.

“A população, expressando um desejo por mudanças, decidiu a favor de uma nova etapa na vida nacional”, representada por Lugo, “hoje presidente da república, no passado membro desta Conferência Episcopal, à qual não pertence mais, dispensado do estado clerical a seu pedido e por decisão do Papa”, disse o comunicado.

“Desejamos ao novo governo e ao povo que sejam alcançados os objetivos para uma mudança autêntica”, porque “ninguém pode duvidar da importância de que tais expectativas de mudança sejam realizadas, eliminando da atividade política erros e práticas negativas, assim como a tomada de decisões urgentes para buscar o bem comum acima dos interesses pessoais, familiares, de grupos e de partidos”, continuou a declaração dos bispos.

Fonte: Ansa