O presidente americano, George W. Bush (foto), pediu aos cientistas que resistam à “tentação de manipular a vida”, em referência ao projeto de lei aprovado no Senado para aumentar os fundos para pesquisas com células-tronco, a que ele se opõe

O presidente participou ontem de um café da manhã com grupos religiosos, aos quais assegurou que “atualmente há uma tentação de manipular a vida de formas que não respeitam a humanidade da pessoa”.

“Quando isto ocorre, os mais vulneráveis entre nós podem ser avaliados por sua utilidade para outros em vez do que valem por si mesmos”, acrescentou.

“Devemos continuar promovendo uma cultura da vida na qual os fortes protegem os fracos e na qual reconhecemos em cada vida humana a imagem de nosso Criador”, afirmou.

O Senado aprovou na quarta-feira, por 63 votos contra 34, um projeto de lei que aumenta o financiamento federal à pesquisa com células-tronco embrionárias.

Bush ameaçou vetar a medida, muito similar a outra já aprovada no ano passado pelo Congresso e que até agora foi a única que vetou durante seu mandato.

Fonte: EFE