“Naquele momento, seis homens vieram do Templo, do portão externo que fica ao norte, e cada um carregava uma arma mortal.
Com eles estava um homem vestido com uma roupa de linho, que carregava material de escrever.
Todos eles vieram e ficaram ao lado do altar de bronze.
Então a glória do Deus de Israel, que estava em cima dos animais com asas, subiu dali e foi para a entrada do Templo.
E o Senhor gritou para o homem vestido com a roupa de linho: — Vá por toda a cidade de Jerusalém e faça um sinal na testa de todas as pessoas que sofrem e se aborrecem por causa de todas as coisas vergonhosas que estão sendo feitas na cidade.
E ouvi o Senhor dizer aos outros homens: — Vão atrás dele pela cidade e matem todos. Não deixem escapar ninguém; não tenham dó de ninguém.
Matem os velhos, os moços, as moças, as mães e as crianças.
Mas não toquem em quem tiver o sinal na testa.
Comecem aqui no meu Templo.
Aí eles começaram a matar os líderes que estavam ali na frente do Templo.” (Ezequiel 9:2-6, NTLHE)

Ser ou não ser? Frase famosa do Poeta inglês William Shakespeare.

Alguns homens e mulheres que freqüentam igrejas e que até possuem cargos e ministérios, não conhecem a Deus. Ou um dia conheceram, mas preferiram se contaminar com diversas abominações.

Pessoas que no passado conheceram a Deus, mas decidiram por guiar suas vidas pelas paixões deste mundo e deixaram-se ser iludidas pelos manjares do inimigo.

Gente que no passado, separadas para o ministério, mas que optaram por não seguir uma vida aos pés de Cristo. Gente que ora e que Deus faz; faz por causa de Sua Palavra e pelo Seu Nome, não por causa do homem, mas pela mesma Palavra que diz que “os dons e a vocação são irrevogáveis” (Rm 11: 29).

Por esta razão o Senhor Jesus disse que naquele dia do julgamento, muitos falarão: – em teu Nome fizemos milagres. Mas Ele responderá: – Não os conheço!

O que leva uma pessoa que conheceu a Graça a optar pelo engano, pela mentira, pela prostituição, pela feitiçaria, pelo lado do mal?

O que leva uma pessoa separada para o ministério se misturar com a feitiçaria e fazer trabalhos malignos contra a vida de servos de Deus? Não tem medo do juízo de Deus?

No mínimo não acredita na Palavra. Não acredita que Deus é um Deus Vivo e vingador de seus servos!

“Pois, se continuarmos a pecar de propósito, depois de conhecer a verdade, já não há mais sacrifício que possa tirar os nossos pecados. Pelo contrário, resta apenas o medo do que acontecerá: medo do Julgamento e do fogo violento que destruirá os que são contra Deus. Quem desobedece à lei de Moisés é condenado sem dó à morte, se for julgado culpado depois de ouvido o testemunho de duas pessoas, pelo menos. Então, o que será que vai acontecer com os que desprezam o Filho de Deus e consideram como coisa sem valor o sangue da aliança de Deus, que os purificou? E o que acontecerá com quem insulta o Espírito do Deus, que o ama? Imaginem como será pior ainda o castigo que essa pessoa vai merecer! Pois sabemos quem foi que disse: “Eu me vingarei, eu acertarei contas com eles.” E quem também disse: “O Senhor julgará o seu povo.” Que coisa terrível é cair nas mãos do Deus vivo!” (Hebreus 10:26-31, NTLHE)

Em Jerusalém, no passado, o povo de Deus havia se corrompido e já não acreditava mais que Jeová viria visitá-los com juízo. Acharam que o Criador dos céus e da terra não estava vendo o mal. Os anjos do juízo já saíram! O fim deles é trágico!

A Palavra de Deus permanece para sempre! Ninguém, e nem ser algum pode contê-la ou impedi-la de operar!

Quanta ignorância! Acham que o mal triunfará sempre? Desde que o Crucificado levantou da tumba, o diabo não tem nem as chaves do inferno! Estas chaves e todo poder nos céus e na terra estão nas mãos do Senhor Jesus Cristo! Louvado seja o Senhor!

Pensam que Deus não vinga seus servos? Veja o que Deus falou ao Profeta Naum:

“O Senhor é um Deus que não tolera outros deuses, um Deus irado que se vinga dos seus inimigos. O Senhor tira vingança dos seus inimigos e na sua ira os castiga.
O Senhor é paciente mas poderoso e não deixa os culpados sem castigo.
Ele anda pelo meio de tempestades e de ventos violentos; as nuvens são o pó que os seus pés levantam.” (Naum 1:2-3, NTLHE)

Nestes anos todos de caminhada com Cristo tenho visto gente que não é “gente”. Pessoas com coração perverso que entram no ministério para tirar proveito financeiro, sexual e pessoal das ovelhas.

“Ficarão de fora os CÃES, os feiticeiros, os que se prostituem, os homicidas, os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira”(Ap 22:15).

Esses cães, aos quais Jesus se refere, são aqueles que distorcem o Evangelho do Reino e pervertem a pura doutrina de Cristo para ganho próprio. A Bíblia se refere a estes como “cães”, que nunca se fartam, como pode ser confirmado em Isaías 56: 10, 11:

“Todos os seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são CÃES mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados e amam o cochilar. E estes CÃES são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte”.

Gente cuja sabedoria é terrena e maligna. Cujo lema é “cada um por si e Deus por todos”. Quanto engano!

De Deus não se zomba!

SHEVA BRACHOT

MANOEL VALENTIM