Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá, MT
Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá, MT

Érika Oliveira
Olhar Direto

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), anunciou uma série de novidades com relação às medidas restritivas para o combate ao coronavírus.

Um dos decretos liberou atividades econômicas e, o outro, autorizou a reabertura de templos religiosos, que poderão funcionar se atenderem as novas regras impostas.

A Igreja católica, segundo o prefeito, optou por manter a realização de missas pela internet.

Pelo novo decreto, os templos religiosos podem reabrir suas portas na próxima segunda-feira (27), mas devem obedecer a determinação de realizar somente 6 cultos por dia e não podem extrapolar a ocupação de mais de 30% da capacidade de lotação do local.

O decreto determina, ainda, que pastores e fiéis utilizem máscaras durante os encontros, respeitem o distanciamento social e promovam a desinfecção completa dos templos no início, no intervalo e ao final de cada cerimônia.

Segundo Pinheiro, a flexibilização dos decretos ocorre em obediência às diretrizes do Ministério da Saúde, que autoriza a retomada gradual das atividades nas cidades em que a capacidade instalada dos seu leitos não tenha atingido 50% da ocupação.

Fonte: Olhar Direto