Imagem da agulha de uma seringa introduzida em um recipiente com vacina
Imagem da agulha de uma seringa introduzida em um recipiente com vacina

Os batistas britânicos pediram ao governo do Reino Unido que tome medidas para garantir que países em desenvolvimento não sejam esquecidos na distribuição global de vacinas do coronavírus.

A Missão Batista Mundial, a União Batista da Grã-Bretanha, a União Batista do País de Gales e a União Batista da Escócia lançaram uma petição defendendo o acesso igualitário às vacinas em todo o mundo.

“Como cristãos no Reino Unido, apoiamos o acesso global equitativo à vacina Covid-19. Especificamente, pedimos ao governo do Reino Unido que apoie os esforços coletivos mundiais para acabar com a pandemia e produzir vacinas para todos de forma justa e equitativa”, afirma a petição.

O documento também solicita que o orçamento destinado à ajuda humanitária seja aumentado a fim de combater a pandemia e apoiar a recuperação das nações. As instituições batistas argumentam que “ninguém está seguro com a Covid-19 até que a vacina esteja acessível em todos os lugares”.

Além disso, na petição os batistas britânicos se comprometem a capacitar líderes cristãos para “dissipar os mitos inúteis sobre vacinas” e conscientizar sobre a importância da vacinação.

.Fonte: Guia-me com informações de The Christian Today